terça-feira, 11 de julho de 2017

Dias decisivos no Brasil - Terrorismo de Estado

Reforma Trabalhista, Recurso de Vaccari,
Decisão sobre Lula e Denúncia contra Temer.

1 – Reforma Trabalhista

- Até o final do dia saberemos se esta criminosa reforma trabalhista foi aprovada ou não. Se aprovada, estaremos voltando a antes de 1930. Os trabalhadores perderão seus direitos básicos e os patrões terão mais facilidades para demitir, reduzir os salários e acabar com outros benefícios como feras, 13º. e jornada de 40 horas. Voltaremos à servidão e à escravidão.

2 – Recurso de Vaccari

- Até o final de amanhã saberemos se houve ou não o julgamento do recurso de Vaccari na 8ª. Turma do Tribunal Regional Federal da 4ª. Região, em Porto Alegre.

O jornal Estadão deu capa de hoje, denegrindo a imagem de Vaccari e servindo de pauta para a TV e as Rádios. Este papel policialesco teve a Folha na época da ditadura militar, quando dava noticias falsas para despistar as ações dos torturadores e assassinos. Esperamos que os juízes julguem sem se contaminarem com as pressões da imprensa, nem de Sérgio Moro.

Por falar em Sérgio Moro, em sua resposta ao TRF-4, o juiz reconhece formalmente a honestidade de Vaccari e tenta imputar algum crime a Vaccari, Moro diz que “Vaccari roubava para o PT”. Por um lado mostrando mais uma vez seu lado grosseiro, e por outro lado, mostrando sua partidarização e manipulação da Justiça, abusando de seus poderes.

3 – Decisão sobre Lula

- A imprensa está pressionando Sérgio Moro a condenar imediatamente Lula em relação ao apartamento da OAS que os perseguidores de Lula dizem que é de sua propriedade. Mesmo juridicamente não tendo nada que comprove qualquer vínculo de Lula com o apartamento. Este processo em si já é uma farsa...

4 – Denúncia contra Temer

- O mais certo do que pode acontecer até a próxima semana é a formalização do processo de destituição de Temer da presidência da República. Denunciado como corrupto, incompetente e obstrução da Justiça. Com o fracasso do golpe na economia e o vexame na política nacional e internacional, até os empresários já ficaram contra o governo Temer. A substituição de Temer por Rodrigo Maia, presidente da Câmara Federal é uma questão de dias. Tudo indica que já está acertado tudo com a Rede Globo...


Em muita crise contra o povo brasileiro, contra a Democracia e contra o Estado de Direito, nunca o Brasil passou tanta vergonha como está passando agora.

O Brasil merece respeito!
Diretas Já!
Eleições Gerais e
Constituinte livre e soberana.

Nenhum comentário:

Postar um comentário