sexta-feira, 2 de junho de 2017

Trump e Temer: duas tragédias

Até os nomes são parecidos

Hoje cedo ouvi no rádio o comentário do representante da União Europeia sobre a saída dos Estados Unidos do Acordo de Paris. Ao ser perguntado como a UE reagia ao gesto de Trump, ele respondeu:

Trump vai passar. Quatro anos passam logo... Passa rápido!


Para as pessoas que estão acostumadas às regras democráticas, as contradições e os impasses, são resolvidos pelo VOTO DO POVO, não através de golpes de Estado.

Da mesma forma que Bush passou, deixando o rastro de destruição no Oriente Médio e o desemprego nos Estados Unidos, Trump também vai passar, deixando suas histórias pitorescas e seu retrocesso na importância dos Estados Unidos no mundo.

Já no Brasil...


A direita não pôde esperar quatro anos de governo Dilma. A direita preferiu dar mais um golpe de Estado, ignorando a democracia e a vontade do Povo.

Quando partidos como o PSDB e PMDB, se recusam a respeitar o "fair play eleitoral" e preferem interromper um mandato e implantar uma ditadura civil, estes partidos perdem a credibilidade e a autoridade para falar em democracia.

Não é á toa que o governo Temer, além de ilegítimo,

é um governo corrupto e desacreditado internacionalmente.

Ao interromper a Democracia, dando o primeiro golpe
, a falta de escrúpulo levou os empresários a exigirem que os deputados e senadores dessem outro golpe de Estado e de traição, obrigando-os a apresentar e votar em Reformas que destroem os direitos dos trabalhadores brasileiros, Sendo que a maioria do Congresso Nacional foi eleita juntamente com a chapa Dilma-Temer.

Se era para mudar o programa de governo, mais do que o golpe, era necessário que se realizasse um Plebiscito pedindo autorização ao Povo para que se fizessem as mudanças estruturais na Previdência e na CLT - Consolidação das Leis do Trabalho.

Agora, ainda mais uma vez por falta de escrúpulo
, a direita golpista quer dar mais um golpe. Ao se constatar que o presidente Temer também está envolvido em gangue eleitoral e partidária, vendendo medidas provisórias e outras leis, além de cobrar propina dos empresários, em vez de se destituir o presidente imoral e ilegítimo e se garantir eleições diretas para se escolher o substituto, os mesmos golpistas, querem escolher o novo presidente em eleições indiretas. Isto é, em vez de o povo escolher seus representantes, os corruptos e corruptores querem escolher mais um chefe de gangue para administrar o Brasil.

A tranqueira dos Estados Unidos, foi eleito pelo povo americano.


A tranqueira do Brasil, não foi eleito
, não teve autorização do povo e, ao ser destituído, o povo pode ser ignorado pela gangue do Congresso Nacional. O pior é que o judiciário pode também locupletar-se com o Congresso Nacional corrupto.

Merda por merda, que, ao menos, respeitem o direito de o Povo eleger seus representantes.

Democracia, se aprende praticando...

Nenhum comentário:

Postar um comentário