sexta-feira, 16 de junho de 2017

Quando a Fé vira Negócios

O quê diferencia os Evangélicos?

Sem saber de manifestação de ontem, peguei o caminho do aeroporto de Guarulhos e ficamos parados por quase uma hora sem saber o quê era. Aos poucos fomos deduzindo que era a concentração da Igreja Renascer, que pertence a bispa Sonia Hernandes e seu marido, ambos já citados em processos com dólares nos Estados Unidos...

Ao olhar os jornais de hoje, além das fotos com multidões de fiéis, há duas notícias "apolíticas". Na Folha temos:

Cristo contra corruptos

e a reclamação pela ausência do
governador Geraldo Alckmin (PSDB)
(e católico militante...digo eu).

Destaque-se que os Evangélicos são a principal base de sustentação do governo golpista de Temer, e, dizem em Brasília, que os deputados evangélicos adoram negociar concessões de rádio e outros benefícios. Além de votarem sempre com os conservadores e a direita. Bolsonaro e Cunha são declaradamente... evangélicos.

No mesmo jornal Folha de hoje, lá na página A13 do caderno MERCADO
/NEGÓCIOS, tem uma matéria de Anna Virginia Balloussier, enviada especial ao Rio de Janeiro, sobre a criação de uma Previdência Privada para o público evangélico. Vou mostrar uma parte do artigo:

"64 milhões de evangélicos no Brasil


Já são 30% do país, o que dá mais de 60 milhões de brasileiros.

Não dá para ignorar um mercado fiel como esse.


Evangélicos são fiéis aos seus COMANDOS.

Não possuem vícios que os obrigam a consumir
supérfluos como cigarros, bebidas e drogas.

Esforçam-se para manter seus nomes em situação confortável
nos CADASTROS FINANCEIROS." (São bons pagadores,digo eu).

Agora vejam a matéria no jornal Estadão, página A11 no caderno Metrópole:

"Marcha para Jesus e contra a corrupção


Uma oração contra a prostituição e a corrupção no Brasil
abriu ontem a Marcha Para Jesus, que atraiu um multidão
de evangélicos em São Paulo.

Criador do evento
, o apóstolo Estevam Hernandes, da Renascer em Cristo,
também defendeu A PERMANÊNCIA DO PRESIDENTE MICHEL TEMER (PMDB-SP)
e AS REFORMAS PROPOSTAS PELO GOVERNO."


Acrescento minhas reflexões:

Quanto estão ganhando "estes pastores de fiéis obedientes"

para fazerem propaganda e defenderem
o governo corrupto e ilegítimo de Temer?

Porquê estes pastores escondem de seus fiéis de que
estas reformas são contra os trabalhadores e os pobres?

O próprio destaque que a imprensa dá ao evento,
tem muito mais a ver com o fato de que a imprensa também
apoia as reformas contra o povo e a favor dos patrões.

Ou será que os patrões também estão virando evangélicos?


Do jeito que os patrões brasileiros estão acovardados e
apoiam este governo corrupto, é capaz de os patrões
virarem evangélicos. Topam tudo por dinheiro?

Quero registrar que respeito muito
os evangélicos, como religiosos,

mas sempre identifiquei nas
igrejas evangélicas, a influência
do vale tudo do capitalismo predatório.

Adoro ver os simples fiéis,
arrumadinhos e com suas bíblias debaixo do braço.

Eu também sou muito religioso,
também gosto de ler a Bíblia.

Mas não sou obediente a pregadores inescrupulosos...


Oh, Deus, quantos crimes cometem em Seu nome!

Nenhum comentário:

Postar um comentário