quinta-feira, 18 de maio de 2017

STF afasta Aécio, presidente nacional do PSDB

Como Delcídio e Cunha, Aécio já não é mais senador

Irmã de Aécio é presa e a PGR pede a prisão de Aécio.


Depois de pedir 2 milhões de reais ao empresário e ameaçar de morte
quem delatasse, o presidente nacional do PSDB, ex-governador de Minas Gerais, ex-candidato a presidente da República, principal articulador do não reconhecimento da vitória de Dilma Rousseff nas eleições de 2014, depois de tudo isso,

Aécio não tem mais condições morais nem jurídicas para exercer o mandato de Senador.
Aécio feriu o decoro parlamentar, explicitamente agiu para obstruir investigação judicial e expôs o seu eleitorado e o seu Estado, Minas Gerais, ao ridículo. Triste Brasil, Triste Minas Gerais.

Já tem jornalista dizendo que estas medidas mostram que a Justiça está sendo neutra. Mentira! Tanto não é verdade que Joesley não procurou o juiz da Lava Jato, Moro, e sim procurou Fachin e os juízes do STF. Ou vocês acham que Moro iria expor Aécio, seu amigo de partido e de conversas, a uma situação desta?

O quê está acontecendo com o Brasil?


Com a redemocratização,
os políticos, os empresários, a estrutura dos Estados, Municípios e União, os funcionários destas instituições foram se acostumando com as facilidades para "quebrar galho e encurtar caminhos", Não perceberam que o Brasil estava se modernizando, que a população brasileira já tem acesso às escolas e à informação, e agora, atônitos, vêem seu mundo cair, suas vidas serem expostas e suas contas bancárias serem vasculhadas, seja no Brasil ou no Exterior.

Agora, inegavelmente, pegou os três grandes partidos brasileiros:
PT, PSDB e PMDB. Os demais são parceiros indiretos das benesses eleitorais e dos cargos nas estruturas. São 35 partidos? Me digam um único que possamos botar a mão no fogo!São todos beneficiários destes vícios de cumplicidade em editais, licitações e doações diretas e indiretas.

A hora é agora!


Vamos convocar novas eleições gerais,
limpar o Congresso Nacional, convocar uma nova Constituinte para atualizar as regras universais de convivência democrática e institucional. Sem medo de ser transparente, sem medo de sofrer.

Vamos constituir um grande acordo nacional com regras simples e objetivas.

Direitos e deveres para todos os setores da sociedade, em vez de criar estruturas dispendiosas e corruptoras, vamos criar arbitragens com moderadores reconhecidos entre as partes, submeter a eleições tanto os juízes como os políticos em geral. Nada de vitaliciedade, nada de poderes acima do cidadão comum.

Precisam praticar uma democracia efetiva,

onde esteja garantido que o Brasil é de todos,
com todos e para todos.

Da mesma forma que STF determinou o afastamento de Aécio,
o Brasil precisa que Temer, o ilegítimo e protetor de Cunha,
também seja colocado sob suspeição e impedido de exercer o mandato.

Que o próprio STF, em conjunto com o TSE, convoquem as ELEIÇÕES GERAIS!


O Brasil vai aplaudir
, participar e garantir que a honestidade,
o respeito aos brasileiros, e a segurança nacional serão restabelecidas.

Viva o Brasil!

Nenhum comentário:

Postar um comentário