terça-feira, 9 de maio de 2017

Lula x Moro: É uma guerra sim!

Vivemos a guerra contra a hipocrisia

A história do Brasil é uma peça de meias-verdades, de versões incompletas de fatos que tentam transformar pessoas em heróis e versões que tentam esconder a violência permanente que nos contorna. A lava Jato é uma farsa. Como o governo Temer também é uma farsa burlesca.

Neste contexto, a intimação para Lula
, ex-presidente e o melhor e mais aprovado presidente que o Brasil já teve, a intimação para Lula depor em Curitiba, num processo cheio de vícios e manipulações, tudo isso contando com ampla e antecipada cobertura da imprensa golpista, tudo isso faz parte de uma guerra ampla, geral e irrestrita. Tudo isso faz parte de uma guerra de classe.

Esta operação Lava Jato faz parte
de um combate entre os que querem entregar a Petrobrás e nossas riquezas naturais aos estrangeiros, acabando com nossa soberania nacional, quando amplia esta visão entreguista para a venda das terras, do espaço aéreo, e todos os setores da economia. Acabando assim com nossa soberania econômica, militar, educacional, cultural e política.

Esta operação Lava Jato faz parte
de um combate para combater o modelo de governo realizado por Lula e pelo PT. Modelo petista que diminui a pobreza, aumenta a escolaridade, gera emprego, possibilita a inclusão de milhões de brasileiros e consolida a democracia participativa.

Esta operação Lava Jato é partidária, dirigida pelo PSDB
, como testa-de-ferro dos interesses das multinacionais e dos Estados Unidos neoliberal. É partidária quando está centrada apenas contra o PT e os partidos que governaram junto com o PT. É partidária quando exclui os políticos do PSDB, quando estes aparecem em delações premiadas.

Esta operação Lava Jato é partidária
quando os procuradores públicos, policiais da Policia Federal e juízes fazem manifestações públicas contra Lula e o PT, quando estimulam o ódio contra Lula e o PT, ao mesmo tempo que uso determinações judiciais para proteger uma parte e condenar a outra, sendo sempre a condenada, alguém próxima ao PT.

Amanhã, em Curitiba, podemos presenciar uma praça de guerra
, de violência contra manifestantes e briga de para-militares contra simpatizantes de Lula que partirão de todos os Estados para manifestar sua solidariedade ao maior político brasileiro. Além do militantes, a imprensa internacional também estará em Curitiba.

Vamos ver como vai se dar mais este capitulo dessa guerra

jurídica, midiática, política, social e de classe.

Na guerra de classes no Brasil os brancos ricos
sempre combateram os negros e os pobres.

Os negros e os pobres sempre foram excluídos no Brasil.
Agora estão conquistando seus direitos
seja através de quotas, seja através da organização social,
seja através do voto e pressão política.

Os pobres e os negros não aceitam mais esta exclusão histórica.


Um novo Brasil está sendo construído. Um Brasil para todos!
Deram o golpe do impeachmente porque não ganhavam no voto.

Depois do golpe, estão destruindo o Brasil social

e fazendo o Brasil andar para trás,
voltar à trabalho servil,
acabar com a aposentadoria e
aumentar o desemprego e o arrocho salarial.

O Brasil de Temer é o mesmo Brasil de Moro,

é o mesmo Brasil da imprensa golpista e mentirosa
é o mesmo Brasil de um Congresso Nacional corrupto e mercenário.

O Brasil não precisa de golpe judicial, midiático e econômico,
O Brasil precisa voltar à Democracia,
O Brasil precisa de ELEIÇÕES GERAIS

O Brasil precisa de Nova Constituinte, livre e soberana.


Ao povo, a palavra final.

Nenhum comentário:

Postar um comentário