quarta-feira, 10 de maio de 2017

Imprensa e Juízes unidos na baixaria

Por que o Brasil está aceitando esta baixaria?

As pessoas tendem a responsabilizar uma ou outra pessoa pelas tragédias. Hitler foi o culpado pelo nazismo ou Hitler personificou o nazismo e a vontade de os alemães se apoderarem da Europa?

No Brasil atual, a imprensa organizou e dirigiu o golpe do impeachment, como está dirigindo o golpe contra os direitos do povo brasileiro.

O judiciário, que nunca teve tanto poder, aproveitou a oportunidade e está fazendo o serviço sujo. Nem precisou chamar as Formas Armadas, bastou aliar-se à Polícia Federal e aos políticos mercenários.

Por que a sociedade aceitou esta aliança espúria e golpista?
Por que os beneficiários dos governos do PT aceitaram esta aliança mentirosa e manipuladora?
Por que os empresários aceitaram sem reagir, que seus líderes fossem presos e humilhados publicamente?

Havia uma expectativa de que, tanto o PT quanto o PSDB, modernizassem o Brasil.


Fizeram melhoras significativas, mas não modernizaram a estrutura do Estado e da Sociedade. Mantiveram o país os vícios estruturais que travam a consolidação da democracia participativa, como também mantiveram e até reforçaram vícios de corrupção e de caixa 2 eleitoral com sobras de campanhas para a compra de joias, carros e bens comprados com dinheiro sujo. Abrindo a porta para os oportunistas, para o crescimento da direita fascista e violenta, para novas oportunidades golpistas e, principalmente, para o que o judiciário assumisse poderes legislativos, midiáticos, de polícia e de gestão pública, mesmo não sendo eleitos pelo povo. Uma aberração.

A imprensa, que é o único setor nacional ainda não internacionalizado
, principalmente o rádio e a TV, aliou-se aos adversários externos e ao judiciário, para fazer o papel de "fiscal do povo e dos golpistas", isto é, a imprensa, mancomunada com os juízes e a polícia federal, passou a fazer a sua própria justiça, mesmo com todas as contradições, como estamos vendo na briga entre Janot e Gilmar Mendes. Tudo primo...

Os jornais, rádios e TVs de hoje são unânimes em tentar desmoralizar Lula. Vivemos um clima como é retratado na música de Chico Buarque, "Geni". Lula serviu para melhorar a vida dos pobres e dos ricos. Lula salvou o Brasil da pobreza crônica e da exclusão social. Agora, Lula não pode mais servir de modelo positivo, não pode voltar a ser presidente, mesmo que tenha que ser preso ou assassinado. A direita saiu do armário, mesmo não contando com o apoio das Forças Armadas. Agora, a força da imprensa, especialmente da TV, substitui o papel dos militares na repressão. A mentira e a enganação valem mais do que a repressão. Para os golpistas, Lula já fez o papel de Geni. Maldita Geni!

Da mesma forma que a Europa e os Estados Unidos demoraram a perceber a necessidade de por limites ao povo alemão e ao nazismo, no Brasil, o povo, principalmente a classe média, só vai reagir em grandes proporções, na medida que perceberem o grau de destruição que estão fazendo o Congresso Nacional, o golpista Temer, apoiados pela imprensa e a mando dos grandes empresários. A destruição do Brasil do bem estar social está acontecendo de forma rápida e explícita. Porém, esta destruição sairá cara. Muito cara...

Mas, está tendo e haverá mais reação.
Os direitos sociais e a inclusão dos pobres
foi um longo processo histórico de conquistas.

Podem prender ou matar Lula,
isso só fará com que a reação seja mais rápida.
E talvez mais dura.

O brasileiro cordial acabou. O povo exige cidadania.
Agora temos luta de classe e defesa dos direitos.
A democracia é o melhor caminho para evitar a guerra.

Eleições Gerais, Já!
Constituinte, Já!


Que parem de encher o saco de Lula!
Que respeitem a soberania popular
e a soberania nacional.

Nenhum comentário:

Postar um comentário