segunda-feira, 17 de abril de 2017

Um ano de Temer. O vexame do golpe

Golpistas praticaram crime hediondo

Em primeiro lugar, mentiram para o povo, dizendo que tirando Dilma o "Brasil teria pão e mel, sendo tudo farto, como era no governo Lula. A recessão e o desemprego cresceram e o Brasil está estagnado;

Também disseram que com o golpe do impeachment, o desemprego que estava com dez milhões de desempregados, iria reduzir rapidamente. Mentiram tanto que o desemprego já passa de 13,5 milhões de pessoas desempregadas;

Disseram que iam acabar com a corrupção. Agora quase todo o Congresso Nacional está sendo denunciado e um terço dos ministros estão sendo investigados. Até o presidente Temer está sendo investigado como avalista de caixa 2;

Disseram que iam proteger o Brasil, mas estão entregando nossas riquezas às empresas estrangeiras. Estão vendendo o pré-sal e vendendo pedaços da Petrobras. Tudo isso à preço de bananas;

Disseram que iam fazer reformas para melhorar o Brasil. A primeira reforma anunciada foi a do fim da aposentadoria, depois veio o fim do emprego formal e a liberação para terceirizar tudo. Agora está propondo acabar com a CLT e os direitos dos trabalhadores, como férias, 13o. jornada de trabalho e convênios médicos decentes, entre tantas outras coisas.

A nível internacional, prometeram que as embaixadas teriam dinheiro para gastar à vontade. Agora estão ameaçando fechar embaixadas e estão acabando com programas internacionais.

Agora vão entregar o espaço aéreo para as empresas internacionais, sendo que em pouco tempo não existirão mais a TAM nem a Gol, como empresas controladas por brasileiros.

Além de passar dinheiro e cargos para comprar votos no Congresso Nacional, os golpistas do governo estão passando bastante dinheiro para a imprensa falar bem do governo e falar mal da oposição.

Por exemplo, hoje na capa do jornal Valor, em grande anúncio, o governo promove mais uma mentira.

O governo e o jornal pegam uma frase "É verdade que com a reforma da Previdência eu vou ter que trabalhar 49 anos para me aposentar?" O governo diz que é mentira. Mas os movimentos sindical e social sempre disseram que 49 anos de trabalho é para se aposentar ganhando o teto do INSS. Já o governo mentiroso, usa como resposta da pergunta dos 49 anos, quem paga para se aposentar ganhando apenas o salário mínimo, que é o mínimo que se recebe. O governo é tão mentiroso que diz que, no caso que ele mostra, o aposentado terá direito a "aposentadoria integral". Mentira! O mínimo não é o teto integral. Manipular texto também é usar da mentira.

Má fé de quem fez a propaganda,
má fé de quem pagou para divulga-la e
má fé do jornal que deixou o governo botar como propaganda na capa.

Por mais que o jornal Valor seja 100% da Rede Globo,
não acredito que isso tenha interferido no anúncio.
O erro é da direção do jornal Valor.

Por todas essas coisas,
queremos ELEIÇÕES GERAIS JÁ!

Vamos defender a soberania nacional.
Chega de mentirosos, corruptos e traidores do povo brasileiro.

Nenhum comentário:

Postar um comentário