sábado, 22 de abril de 2017

O Brasil precisa reagir

Antes que seja TARDE DEMAIS

O professor e jornalista, André Singer, escreve bom artigo na Folha de hoje. O título é "Modo demolição" e está na página 2. O final do artigo é melancólico:

"aos poucos, como se viu na manifestação de 15/3, a sociedade começa a acordar para o tamanho do retrocesso em curso... Resta saber se haverá tempo para desligar o modo demolição em que o jogo atual vem sendo jogado antes que seja tarde. Parte da resposta virá nos protestos previstos para sexta que vem." (28/abril dia da Greve Geral convocada pelas centrais sindicais e movimentos sociais).

Antes que seja tarde...

Isto é, antes que a direita mercenária e entreguista que tomou conta do Congresso Nacional e do governo federal tenha tempo de destruir tudo que diga respeito aos direitos sociais, a inclusão social, as aposentadorias, aos empregos formais e a soberania nacional.

Peguei os dois volumes do livro de Winston Churchill sobre as Memórias da Segunda Guerra Mundial. Neles, o que me chamava atenção era com que frequência Churchill alertava os governantes da Europa e dos Estados Unidos que era necessário por limite na Alemanha nazista, e por limite,especialmente, em Hitler. No entanto, com medo de novas guerras, os governantes não reagiram conforme necessário e Churchill depois dizia. Agora é tarde demais...

Vejam que relato marcante de Churchill:

"O progresso de hitler e suas doutrinas está registrado com exatidão.
Em 1928, ele detinha APENAS 12 cadeiras no Reichstag.
Em 1930, elas se transformaram em 107;
em 1932, em 230 cadeiras;

A essa altura, toda a estrutura da Alemanha fora permeada pela influência e a disciplina do Partido Nacional-Socialista. Campeava no país toda sorte de intimidações, insultos e brutalidade contra os judeus".

Entre 1938 e 1945, quando a guerra acabou, mais de 50 milhões de pessoas morreram. Tudo isto poderia ter sido evitado. Mas os homens, como por impulso, deixaram-se ser levados para as guerras e para a morte. O holocausto não foi apenas contra os judeus, foi contra a humanidade.

André Singer é filho do também professor Paul Singer, judeu austríaco que veio pequeno para o Brasil, fugindo do nazismo. Certo dia, fomos visitar o túmulo da revolucionária Rosa Luxemburgo em Berlim. Curiosamente, ao seu lado, tinha o jazigo de um outro Paul Singer. Este foi engolido pela sanha nazista.

No Brasil atual, o PMDB está aceitando fazer o serviço sujo do PSDB e estão vendendo o Brasil aos estrangeiros a preço de banana. Estão também destruindo o Bem Estar Social.

Precisamos reagir enquanto há tempo. Caso contrário, faremos como Churchill, ficaremos dizendo: Too late. Too late...


Nenhum comentário:

Postar um comentário