segunda-feira, 20 de março de 2017

O Brasil que destrói o Brasil

Vejam as críticas à Polícia Federal

Com a Operação Carne Fraca, a Polícia Federal conseguiu criar um grande problema ao Brasil. Principalmente contra o governo Temer e sua autoridade.

Vejam o que dizem os jornais desta segunda-feira:


Folha:


- O ministro da Agricultura, Blairo Maggi, criticou a Polícia Federal por erros técnicos na operação.
- O ministro chamou de idiotice a acusação da PF.
-Ex-ministro da Agricultura, Francisco Turra, diz que “exagero dá a impressão de que carne é toda fraudada”.
- Diz ainda que... “foi muito forte esse discurso IRRESPONSÁVEL, fruto de levantamento ainda incompleto da própria operação da PF.”
- O presidente da ABPA (Associação Brasileira de Proteína Animal), Francisco Sérgio Turra, diz que “operação criou discurso irresonsável sobre carne”.
- Foi algo exagerado, dando a impressão de que carne brasileira é toda fraudada, nada é confiável.
Folha informa que “PF analisou produtos de só uma empresa”.

Estadão:


- Blairo critica PF, vê fantasias e idiotice em conclusões sobre carne.
- O fiscal do Ministério da Agricultura, Daniel Gouvêa Teixeira, foi o denunciante do esquema.
- Vice-presidente da Sociedade Rural Brasileira, Pedro de Camargo Neto, diz que Polícia Federal foi irresponsável e que há dano ao setor.
- Pedro diz que quem vai pagar a conta é o pecuarista, o elo mais fraco da cadeia.
- O estardalhaço que a Polícia Federal fez para apresentar o que encontrou depois de dois anos de investigação é o que eu não consegui entender. Quando você vai para os fatos...
- A PF aumentou o problema... Ela tem de se explicar.
- Acho que a LPF foi irresponsável ao apresentar como a maior operação da sua história uma coisa na qual identificou pontualmente alguns problemas. Essa zorra não existe.

Valor:


- A demora da Polícia Federal em agir contra frigoríficos que adulteraram carnes, inclusive com o uso de itens vencidos a fabricação de alimentos industrializados, provocou PERPLEXIDADE no setor privado.
- A condução ESPALHAFATOSA da investigação colocou sob suspeita toda a carne produzida no Brasil.
- O ministro da Agricultura também afirmou ter questionado o DIRETOR-GERAL DA POLICIA FEDERAL, Leandro Daielo, sobre a ausência do Ministério da Agricultura nas investigações para dirimir eventuais dúvidas técnicas.
- Uma fonte da indústria questionou a responsabilidade da PF na alimentação dos brasileiros, dadas evidência sobre graves problemas ocorridos em frigoríficos menores. A PF deixou o povo comendo alimentos estragados durante dois anos?

O Globo:


Na capa e na manchete principal:
Governo promete apertar fiscalização a frigoríficos.
Carne em putrefação e carcaça em embutido. – No Fantástico o fiscal Daniel Gouvêa Teixeira, que denunciou o esquema, disse que frigorífico usava carne estrada em putrefação mesmo, e sobras da carcaça de frango em embutidos.

Concluindo:


Enquanto os importadores de carne brasileira vão suspendendo as entregas, gerando milhões de dólares de prejuízo, o governo atônito tenta descobrir porque não ficou sabendo de nada.

Perguntas que não querem calar:


Afinal, é governo ou não é?
Quem manda na Polícia Federal?
Porque qualquer juiz de primeira instância está podendo causar tanto estrago na economia brasileira?
Quem vai segurar os milhares de empregos dos funcionários dos frigoríficos, pecuaristas e exportadores?
Quando o Legislativo vai botar limite no Judiciário?

Sem governo forte e sem Legislativo que se faça respeitar,só chamando eleições gerais o mais rápido possível.

Nenhum comentário:

Postar um comentário