quinta-feira, 23 de março de 2017

Carta Aberta a Abílio Diniz

Abílio, seu silêncio sobre a Carne Fraca nos incomoda

Prezado Abílio Diniz,

O Brasil e o mundo estão discutindo as denúncias da Polícia Federal contra os Frigoríficos. O impacto foi violento. As reações foram as mais diversas possíveis.

O ministro da Agricultura reclamou muito da forma amadora e maldosa da denúncia.
O próprio presidente da República passou o domingo reunido com ministros, senadores e deputados, procurando minimizar os estragos nacionais e internacionais que as denúncias provocaram.

Até a imprensa, que no início saiu multiplicando a denúncia, já percebeu que o estrago foi muito grande e todos estamos perdendo com isso.

Agora alguns frigoríficos estão diminuindo a produção, os agricultores e pecuaristas estão apavorados com a suspensão dos abates e com a redução das exportações.

Abílio, você sempre foi uma liderança empresarial e nacional.

Você que é presidente do Conselho de Administração da BRF, a segunda maior empresa brasileira de produção e comercialização de aves, não pode ficar em silêncio. Todos queremos saber qual é sua opinião sobre tudo isso. Você conhece toda a cadeia produtiva. São mais de 4 milhões de brasileiros e brasileiras que dependem direta e indiretamente da produção, consumo e exportação de aves e gado.

A BRF publicou matérias pagas sobre as denúncias e jurando que respeitava o consumidor, a fiscalização, os governos e o povo brasileiro. Todos nós queremos saber o que você, Abílio, acha disso tudo.

Abílio, ´

Sua opinião é muito importante para todos nós.
Afinal, nós gostamos de você.

Contamos com você,

Nós, consumidores de carne e
admiradores de Abílio Diniz

São Paulo, 23 de Março de 2017.

Nenhum comentário:

Postar um comentário