domingo, 12 de março de 2017

BRF demite executivos

Bodes expiatórios

Prometida por Abilio Diniz, a BRF demitiu o Vice-presidente de Finanças e o vice-presidente de Marketing. A saída dos executivos ocorre em função dos fracos resultados da empresa em 2016, quando teve prejuízo líquido de 372 milhões de reais. Conforme matéria do jornal Valor do dia 10/03/2017.

Abilio reconheceu erros de gestão na empresa. Não reconheceu porém que o principal erro foi subestimar a recessão provocada pelos golpistas que derrubaram o governo eleito.

As pessoas e as empresas não vivem em ilhas de fantasias.Estao subordinada s as variáveis nacionais e internacionais.

À frente do Conselho de Administração da BRF desde 2013, Abilio tem pouco mais de 5% das ações da empresa, mas conta com o apoio do principal acionista atual que é o grupo Tarpon.

Com quase 13 milhões de brasileiros desempregados, constatamos que até os diretores das empresas também começam a ser demitidos. Quase todos eles quando voltam a trabalhar, é quando bem menos do que ganhava...

Até as cervejas já estão dando prejuízos.

Para onde vai o Brasil?

Nenhum comentário:

Postar um comentário