segunda-feira, 6 de março de 2017

Alckmin saiu do armário: É candidato a presidente

As candidaturas vão se definindo

O ano de 2017 começou acelerado. Enquanto a economia definha, destruindo a imagem do PMDB, o PSDB também vai queimando seus cartuchos e queimando velhas lideranças como Aécio Neves. O mineirinho virou presidente do partido pró-forma... Serra movimenta-se sem muita chance e finalmente o governador de São Paulo, Geraldo Alckmin avisa em palestra pública de que vai disputar a presidência da República.

Como ficarão os demais partidos conservadores e golpistas?
O DEM ficará com o PMDB ou com o PSDB?

E a direita evangélica?
Se seguir o que fazem em São Paulo, ficarão com o PSDB?

E quem ficará com Bolsonaro? Uma andorinha não faz verão.

Ou, o que é mais provável,
todos os conservadores se unirão contra LULA?


Para complicar a disputa,
ainda teremos outros candidatos disputando pela esquerda.
Deve sair candidato Ciro Gomes pelo PDT e
outros candidatos pelo PSOL e de partidos menores.

Como a direita perdeu a vergonha e,
já tivemos o golpe do impeachment,
depois veio o golpe das reformas
contra o povo e contra o Brasil,

A direita jurídica, política e da imprensa poderá tentar
a última carta contra a democracia no Brasil.

A direita pode não deixar Lula ser elegível,
alegando pendências jurídicas no Lava Jato.

Mas, seguindo a vontade do povo,

LULA SERÁ CANDIDATO E O POVO ESTARÁ COM ELE.


Da mesma forma que os jovens gritaram no carnaval: Fora Temer!
Não subestimem a vontade do povo.

O povo exigirá que Lula seja candidato a presidente da república.
E disputará contra todos os golpistas e traidores do povo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário