segunda-feira, 20 de fevereiro de 2017

Donald Trump: democracia ou ditadura?

Uma Nova Ordem está surgindo?

"Alguma coisa está fora da ordem..."

O jornal Valor publica hoje, dia 20/02/2017, um bom artigo assinado por EDWARD LUCE, do Financial Times, de Washington, com o título "Cerco de Trump a Washington não vai acabar bem".

Vou pegar alguns tópicos do artigo:

1 - No primeiro mês, Trump declarou guerra às Agências de Inteligência e à MÍDIA (Imprensa).

2 - O Judiciário deve ser o próximo na lista de inimigos.

3 - Não há meio termo na Washington de Trump.

4 - O almirante Robert Harward, que recusou o cargo de conselheiro de Segurança Nacional de Trump, é um prenúncio do que está por vir.

5 - As únicas pessoas que Trump concorda são aqueles que concordam com ele.

6 - Não menos que NOVE fontes de inteligência vazaram detalhes do telefonema de Michael Flynn com o embaixador russo nos EUA para o jornal "The Washington Post".

7 - Trump comparou a Agência Central de Inteligência (CIA) com a Alemanha nazista e acusou-a de trabalhar para Hillary Clinton.

8 - Alguns funcionários públicos arriscam suas vidas com salários relativamente baixos para servir ao seu país. E Trum não é o seu país.

9 - Trump acusou a imprensa de desonestidade, de vender  "notícias muito falsas" e de conspirar para minar a sua presidência.

10 - Trump chamou a mídia de inimiga do povo americano. E isso não pode terminar bem...

11 - Ameaças de morte anônimas tornaram-se um modo de vida normal para muitos jornalistas em Washington.

12 - O mesmo se aplica ao Poder Judiciário. Os juízes que derrubaram a "proibição muçulmana" de Trump no ínicio deste mês também estão recebendo ameaças de morte.

13 - ONDE ISSO VAI LEVAR?

14 - Trump não é personagem retornável. Quanto mais assediado, mais ele ataca.

15 - É difícil prever quanto tempo durará essa batalha entre Trump e o chamado Estado profundo. Quanto tempo um Congresso Republicano poderá suportar o calor...

16 - Com o tempo, o terreno NEUTRO desaparecerá. Em algum momento isso se resumirá a uma escolha entre Trump ou a CONSTITUIÇÃO DOS EUA.

Conclusão: 

A direita americana está desorganizando seu país.
Os Democratas americanos defendem a Constituição.

A direita brasileira já passou por cima da nossa Constituição.
A direita brasileira já desorganizou o Brasil.

A direita americana é republicana.
A direita brasileira é do PSDB, apoiada por Bill e Hillary Clinton.

A imprensa americana está batendo no Trump.
A imprensa brasileira está batendo no povo.

O Judiciário americano está contra os abusos de Trump.
O Judiciário brasileiro perdeu o pudor e apoia os golpistas.

Nessa fase de transição, a democracia está pesando pouco.
E o povo está assistindo meio desconfiado...

Como canta o Caetano Veloso:
"Alguma coisa está fora da ordem..."

Nenhum comentário:

Postar um comentário