quinta-feira, 19 de janeiro de 2017

Ninguém acredita na tragédia brasileira

Além do golpe, a desmoralização

Em Davos o Brasil brilhava.
Agora quem brilha é o Paraguai e a Argentina.

Os empresários mundiais querem mais crise no Brasil.

Querem menos direitos sociais e mais margem de lucro, sem risco, com reserva de mercado e com menos taxa para políticos e advogados (diga-se Judiciário). É claro que, para confiscar os direitos sociais, o governo ilegítimo e corrupto de Temer, tem que aproveitar que não foi eleito e não será candidato à reeleição e cobrar caro para fazer todas as reformas reivindicadas pelos empresários internacionais. O impressionante é que até os militares estão calados. Não sei se subservientes, mas sei que andam calados demais...

Para onde vai o Brasil?
A cada dia mais parece uma republiqueta de bananas.
Um bando de mercenários entreguistas.
Agora está compondo-se com o narcotráfico internacional.

Com taxa de juros de cheque especial a 15% ao mês, os bancos acabam ganhando mais do que os traficantes. Isso dentro da legalidade, embora seja imoral e ilegítimo.

Os governadores estão sendo pressionados a demitir funcionários, cortar salários e botar a culpa na crise geral. A mesma crise geral que Dilma dizia que existia mas a imprensa dizia que não existia.

Se é para reorganizar o Brasil, porque não chamamos eleições gerais, fazemos uma nova Constituição e estabelecemos regrais iguais para todos?

Quando o Povo e as Forças Armadas começarão a por limites nesta corja que tomou conta de Brasilia?

Fico imaginando o susto que as pessoas do mundo inteiro levam com os fatos e as fotos brasileiras. Gente de todos os países acessam nosso blog. Gente do NEPAL, da Jordânia, Tailândia, Índia, Austrália entre outros países ricos e famosos.

Nenhum comentário:

Postar um comentário