quinta-feira, 12 de janeiro de 2017

Continuam fritando Meirelles

Agora dizem que Meirelles está cansado

Com a Selic caindo, a inflação na meta e a reforma ministerial sendo construída, aumenta o boato de que o todo poderoso ministro da Fazenda pode ser substituído. Ou por ter pedido demissão, ou por ser levado a sair.

Na Argentina, o ministro da Fazenda já foi trocado. 
Curiosamente o presidente da Argentina vem ao Brasil no próximo mês. Vão combinar o jogo neoliberal.

Da mesma forma que na Argentina a pressão para trocar o ministro foi forte, aqui no Brasil as "Forças Ocultas" políticas e empresariais já estão trabalhando para isso. Afinal, o governo precisa acalmar o mercado e os governadores. Dizem que Serra é um dos estimuladores da troca. Com o apoio de alguns bancos poderosos...

Hoje, quem resolveu falar das dificuldades de Meirelles foi o poderoso jornalista da Folha, Janio de Freitas. E este entende do assunto. 

Na verdade, não existe ministro que não faça política. 
Todos precisam da política para se manter nos cargos. Meirelles, que vem da área financeira, sabe que sem sustentação política, não sobrevive no cargo. 

Não sei se Meirelles está cansado. Talvez ele esteja percebendo que este governo seja confuso, instável e inseguro. E banqueiros não conseguem conviver com tanta fragilidade. Talvez esteja decepcionado.

Prestem atenção em Serra. 
Quanto mais quieto estiver, mais estará articulando alguém de sua confiança para substituir Meirelles. E, se possível, ele estará pronto para ele mesmo ser o novo homem forte da Fazenda. E, porque não? Do governo.

2017 é o ano do imponderavel.

Nenhum comentário:

Postar um comentário