terça-feira, 24 de janeiro de 2017

As reformas e o impeachment

O golpe foi o pretexto 

Só quem defende a reforma da Previdência com o fim das aposentadorias pelo INSS são os banqueiros e quem está sendo patrocinado pelos bancos, isto é, os políticos golpistas e a imprensa que vive de reportagens e notícias patrocinadas, sem neutralidade.

Acontece que até os jornalistas vão ficar sem aposentadoria.
Então, porque eles ficam defendendo as reformas patrocinadas pelos banqueiros?
Coisas da vida...

Conversando com várias pessoas, todas reclamam que esta proposta de Aposentadoria do governo Temer é uma fraude, um roubo, etc e tal... E quando ponderamos que muitas pessoas que hoje reclamam da reforma da aposentadoria e do desemprego, antes estavam apoiando o golpe contra Dilma, muitos reclamam que apoiaram o golpe do impeachment porque a situação estava ruim e a imprensa dizia que era culpa de Dilma. Fazem cara de lua...

Lembram quando a Fiesp dizia que não ia pagar o pato?
Realmente, quem estar pagando o pato é o povo.

Os empresários estão sendo os principais beneficiados, 
os salários estão arrochados,
o desemprego só aumenta,
o custo de vida está absurdo,
aumentaram gasolina, gás de cozinha
e tantas outras coisas...

O povo não está vendo perspectiva,
não sabe a quem apelar.
Já não contam nem com o Judiciário,
nem com a polícia.

Estamos vivendo a síndrome dos 7 a 1 da Copa do Mundo.
Um país de mediocridades, de entreguistas e também
de conformistas.

Será que vai aparecer o Tite na política
para botar o Brasil em ordem, 
como Tite fez com a Seleção?

Nenhum comentário:

Postar um comentário