quinta-feira, 12 de janeiro de 2017

A imprensa deseduca quando esconde a notícia

Jornais, rádios e TVs ignoram os professores

A partir de ontem, mais de dois mil professores, representando educadores de todas as regiões do Brasil, estão reunidos em Congresso Nacional, em Brasília. 

Ontem houve um Seminário Internacional sobre Educação, com a presença de dezenas de representantes internacionais de todas as regiões do mundo. Inclusive do Japão!

Hoje, ao folhear os jornais... nem uma palavra.
A imprensa só fala dos presídios, do narcotráfico e do governo. E dos juros abusivos.

A educação não é importante para nossa imprensa. 
Por isso que a imprensa apoia o fim da aposentadoria para as professoras. Quando elas atingirem 65 anos de idade e no mínimo 25 anos de contribuição, muitas professoras já morreram antes.

Como está prevista a participação de LULA e do presidente da CUT, Vagner Freitas, é capaz que amanhã a imprensa diga alguma coisa, tipo, Lula conclama os professores a defenderem Eleições Gerais em 2917, estimulando confusão e partidarizando o ensino. Haja baixaria...

Um país que não valoriza a Educação,
É um país sem futuro.

Ainda bem que temos a CNTE, os Sindicatos estaduais das professoras e professores e a combativa categoria dos trabalhadores na Educação. 

Nenhum comentário:

Postar um comentário