terça-feira, 20 de dezembro de 2016

Sírio-Libanês: Propaganda e Transparência

Entidade filantrópica precisa de propaganda?

Sem nunca ter visto uma propaganda do Hospital Sírio-Libanês.
Este Hospital tornou-se O MELHOR DO BRASIL.
Virou sinônimo de qualidade.
Tem mais nome do que o Hospital Albert Einstein.

Todo mundo gostaria de se tratar no Sírio-Libanês...
O Instituto de Responsabilidade Social Sírio-Libanês
é uma Organização Social gestora de unidades públicas.

Será que, com tanta fama, o Sírio-Libanês precisa fazer propaganda?

Neste domingo, dia 18/12/2016, levei um susto quando, ao folhear os jornais Estadão e Folha, edição de domingo, primeiro caderno, páginas 11, 12, 13 e 14, na Folha e páginas 9, 10, 11 e 12 no Estadão, vi tanta propaganda! Matéria paga caríssima!

Estou até hoje perguntando as pessoas sobre o que teria motivado esta iniciativa.

Junto com a propaganda, no rodapé da última página aparece: 

- PROADI - SUS,

- Ministério da Saúde,

- Brasil Governo Federal,

- SUS,

- Governo de São Paulo (Estado),

- Prefeitura de São Paulo.

Não consigo imaginar quanto custou
quatro páginas de propaganda,
no primeiro caderno dos principais jornais de São Paulo.

Algumas pessoas acham que o anúncio tem a ver com a estratégia dos Hospitais Particulares, mesmo sendo entidades filantrópicas, de se transformarem em FACULDADES DE MEDICINA, com graduação, residência, mestrado e doutorado, ótimos equipamentos. Tudo privado. Custando uma fortuna! Para compensar o custo, há os convênios com os governos citados, o quê reduz muito o custo fixo do Hospital e garante atendimento a milhares de pessoas que não teriam acesso a tanta qualidade.

Com a privatização da medicina e da saúde, as faculdades públicas tenderão a virar centros de estudos e atendimentos de saúde coletiva, tipo sanitaristas, doenças endêmicas e calamidades.

Diz o pessoal, que na Faculdade de Medicina da USP, vários professores já pediram demissão para ir trabalhar na Faculdade de Medicina do.... Hospital Albert Einstein. 

Tudo indica que, logo logo, teremos a Faculdade de Medicina do... Hospital Sírio-Libanês.

Como dizem Caetano Veloso e Gilberto Gil:

O Oriente Médio é aqui...
O Haiti também é aqui.


Nenhum comentário:

Postar um comentário