quarta-feira, 7 de dezembro de 2016

BRF não confia nos Negros e Negras?

Presente em mais de 95% dos lares brasileiros

Lares de brancos ou lares que incluem os negros?

Se os negros e negras comem produtos da BRF,
porque não podem aparecer nas propagandas?

Se a BRF está presente em 95% dos lares brasileiros,
como diz a propaganda no Estadão de hoje,
se os negros e negras representam 53,6% da população brasileira,

Porque os negros e negras NÃO PODEM aparecer nas propagandas da BRF?

Passei três dias em Florianópolis, Santa Catarina, a terra onde nasceu a Perdigão e a Sadia, ambas que formam as principais empresas da BRF, quando cheguei em casa e fui ver os jornais, mais uma vez não tem propaganda da BRF na Folha, mas tem TRES PAGINAS no Estadão.

O curioso é que agora, na foto dos funcionários da BRF,
se antes tinha mulher e não tinha negros,
na foto de hoje aumentou para  TREZE HOMENS BRANCOS!!!

NENHUM NEGRO. 
E, nenhuma mulher. 
É grave...

Isso é um escândalo!
Se fosse nos Estados Unidos,
já haveria um levante nacional.

Tudo bem que o Brasil está uma zona,
mas não precisa que as empresas ajudem a desmoralizar ainda mais nosso país.

Por falar em Brasil, na foto dos jornais em que o presidente Temer aparece sendo homenageado com outros políticos, há uma pessoa que parece Abílio Diniz. 

Se Abílio está no Brasil,
porque não resolve esses erros publicitários da BRF e da DM9?

Nenhum comentário:

Postar um comentário