terça-feira, 5 de julho de 2016

O Brasil das Olimpíadas

A destruição do Rio de Janeiro

Os jornais de hoje reproduzem as declarações do prefeito da cidade do Rio de Janeiro sobre a segurança às vésperas dos jogos olímpicos. 

Uma tragédia que não é grega, é brasileira e carioca.

Quanto mais a gente ler os jornais e acompanha a imprensa, ficamos assustados com o noticiário destruidor da imagem nacional. Por que a imprensa, articulada com o Judiciário, resolveram investir para, agora, destruir a imagem do PMDB? E porque o PMDB se sujeita a aceitar tanta baixaria? 

A segurança do Rio sempre foi ruim. Andou melhorando que a implantação da polícia cidadã nas favelas, mas, em geral, no dia a dia, sempre houve maior ou menor grau de tolerância com o narcotráfico. Não era só com Brizola, é com todos. 

Que os golpistas tenha investido contra a Copa do Mundo na era Lula-Dilma, eu até entendo, mas investir contra a imagem do Rio, depois de ter dado o golpe do impeachment, é mais uma estupidez da direita nacional!

O Rio de Janeiro tem problemas, mas um bom pacto local e temporário daria conta da convivência pacifica e consentida durante os jogos olímpicos.O Rio de Janeiro continua alimentando nossos sonhos e fantasias, apesar dos governantes.

Mesmo sem segurança, com sua favelas e com o tráfico, 
o Rio de Janeiro continua sendo a cidade mais bonita do mundo! 

Eu sou do tempo da Guanabara. 
Acabaram com a Guanabara 
e ficou Rio de Janeiro, capital
Rio de Janeiro.
Desta mudança para cá,
não vi melhoras. 
Mas, não precisa avacalhar...


Nenhum comentário:

Postar um comentário