terça-feira, 14 de junho de 2016

Pesquisas indicam que Inglaterra vai sair da União Europeia

Com 10% de vantagem, desfiliação tende a crescer

Segundo o Estadão de hoje, a Inglaterra tende a sinalizar novas mudanças em 2016. 

Pais que teve papel decisivo na criação da União Europeia, como forma de dar competitividade econômica e também como forma de fazer frente à União Soviética, a Inglaterra pode ser o primeiro país a sair da União Europeia, abrindo mais uma crise no mundo.

Enquanto os Ingleses se recolhem, os Estados Unidos vivem sua pior eleição em séculos. Em função do bipartidarismo, os americanos terão que escolher entre um louco mitomaniaco e outro tipo de loucura que não sei identificar. Hillary se apresenta conforme a conveniência. Raul Seixas a chamaria de "metamorfose ambulante" e falante.

O Oriente Médio transforma a Primavera Árabe em tragédia, a África desintegra-se e a América Latina volta para a direita com seu conservadorismo primitivo. A Democracia ainda patina nestas regiões...

Pode ser que, depois desta fase conservadora, como um inverno, brote uma verdadeira primavera, como foi o pós guerra e os anos 50 do século passado.

Que venham os Beatles e os Rolling Stones...
Por aqui, ainda temos João Gilberto, Caetano Veloso e muitas meninas que cantam e dançam.

Nenhum comentário:

Postar um comentário