terça-feira, 7 de junho de 2016

Agora querem prender o PMDB

Golpistas contra golpistas

Hoje, o jornal O Globo, do Rio de Janeiro, conseguiu superar os jornais de São Paulo, tradicionais golpistas.

A capa de O Globo é:

EXCLUSIVO/ESCÂNDALOS EM SÉRIE

Janot (PGR) pede prisão de Renan, Sarney e Jucá por agirem contra Lava-Jato.

Procurador (Janot) quer afastar o presidente do Senado.

Agora vamos ver algumas “preciosidades” na matéria sobre os Escândalos do PMDB.

1 – O procurador geral da República, Rodrigo JANTO, pediu ao Supremo Tribunal Federal – STF – a PRISÃO do presidente do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL) do Senador Romero Jucá, (PMDB-RR) e do EX-presidente da República José Sarney (PMDB-AP).

2 – A informação (sigilosa) é de um interlocutor de ministros do STF.

3 – Os pedidos de prisão já estão com o ministro Teori Zavascki, do STF, há pelo menos UMA SEMANA.

4 – Janot também pediu o afastamento de Renan, da presidência do Senado, usando argumentos similares aos empregados no pedido de DESTITUIÇÃO de Eduardo Cunha (PMDB-RJ), da presidência da Câmara e do mandato de deputado federal, o que acabou sendo atendido pelo STF.

5 – De acordo com a fonte, Renan, Sarney e Jucá planejavam derrubar toda a Lava-Jato.

6 – Para essa pessoa com acesso às investigações, não há dúvida de que a legislação seria modificada de acordo com os interesses dos investigados.

7 – Sarney controla bancadas na Câmara e no Senado, inclusive, teria tido papel DECISIVO no processo de  AFASTAMENTO da presidente DILMA.

8 – A DELAÇÃO tem sido usada em quase todos os inquéritos abertos na Lava-Jato.

9 – Para a Procuradoria-Geral da República, está claro que a ação de Renan, Jucá e Sarney tinha como objetivo OBSTRUIR as investigações.

10 – O pedido foi encaminhado a Teori, mas depende de decisão do PLENÁRIO do Tribunal.

11 – Uma das bases para a futura decisão pode ser o caso Eduardo Cunha.

12 – Cunha foi citado como destinatário de propina por pelo menos sete delatores.

13 – Nos depoimentos da delação premiada, Machado (o delator) disse que arrecadou mais de 70 milhões de reais para o pessoal do PMDB.


A partir dos fatos citados na reportagens, ficamos com algumas dúvidas:

1 – Considerando que o PMDB era principal aliado de Dilma e do PT, e que, ao romper com Dilma e executar o golpe articulado pelo PSDB e seus aliados, todos sabiam que tanto a presidência da República, como a maioria no Congresso Nacional ficaria nas mãos do mesmo partido,  porquê agora querem prender o PMDB?

2 – A Folha e a Rede Globo, como principais porta-vozes dos golpistas fizeram o acordo com o PMDB e os demais partidos da base dilmista mas que toparam mudar de lado. O quê foi prometido ao PMDB e o que foi cobrado como condição para o acordo, que agora está sendo rompido?

3 – Porque a imprensa está tirando o apoio ao governo interino, diminuindo a legalidade de um governo já ilegítimo?

4 – Com qual autoridade, um funcionário público nomeado pode requerer a prisão de pessoas de alta função governamental e especialmente de um ex-presidente e símbolo da transição democrática como José Sarney?

5 – Porque os poderes Legislativos e Executivos ficaram reféns do Judiciário, que tem tão pouca credibilidade quanto os demais poderes?

6 – Se for para combater a corrupção endêmica, quando esta campanha vai chegar à imprensa e seus negócios escusos? Quando haverá depuração também no Judiciário?

7 – Quanto ao uso de DELAÇÃO PREMIADA  e do DOMINIO DOS FATOS, são instrumentos de coerção, intimidação e chantagem digno de regimes políticos como os stalinistas e nazistas, não tendo nada de democrático e de respeito às liberdades e direitos dos cidadãos.  Estamos sob um regime de excessão?

8 – Como se explica a passividade das instituições empresariais, da OAB, das Igrejas, dos Movimentos Sociais e mesmo as instituições internacionais?

9 – A operação Lava-Jato surgiu como demanda da direita brasileira para combater o governo Dilma-PT, contou com o amplo apoio dos meios de comunicação e dos partidos conservadores, impressionou a opinião pública ao prender e intimidar políticos e grandes empresários, mas, passado o golpe do impeachment, começa a ser direcionada contra aqueles que lhe deram carta branca contra o PT. Agora começa a intimidar o PMDB, mantendo a proteção ao PSDB, evidenciando sua preferencia partidária. O Brasil tem 35 partidos políticos. Todos ficarão passivos aos acontecimentos?

10 – Todos somos contra a corrupção pública e privada. Mas nunca podemos dar apoio ou ser coniventes com apurações parciais ou partidárias. Democracia cidadã é aquela em que todos são iguais perante a lei. Com certeza, esta igualdade não está acontecendo no Brasil. Estamos vivendo sob um intimidação articulada pelas Forças Ocultas que precisam ser identificadas perante todos. O que estão esperando os políticos, os empresários, a OAB e a Sociedade Civil?

11 – Estamos vivendo um período nacional e internacional muito delicado e de rápidas transformações. O Brasil em crise profunda, demandando Eleições Gerais e Nova Constituinte; a Inglaterra vivendo o impasse de sair ou não da União Europeia; o Oriente Médio desintegrando-se sob a intervenção americana e europeia; as Américas perdendo suas conquistas democráticas e sociais e os próprios Estados Unidos sob a disputa eleitoral entre um louco republicano e uma farsa democrática.

12 – Enquanto o mundo implode, a Alemanha e a China, consolidam-se como novas referências e novas formas de governabilidade.

13 – Por fim, quando publiquei os artigos sobre a ODEBRECHT, o blog foi visitado por pessoas dos mais diversos países, demonstrando que o mundo está acompanhando o Brasil.

Vejam os países que nos visitaram apenas ontem:

Filipinas, França, Espanha, Bélgica, Índica, Rússia, Áustria, Estados Unidos, Alemanha, Reino Unido, Argentina e Uruguai.


Como ando lendo As Memórias da Segunda Guerra Mundial, de Churchill, fiquei com a impressão que estamos na Nova Guerra Mundial. A terceira?

Nenhum comentário:

Postar um comentário