quinta-feira, 19 de maio de 2016

O golpe liberou os cínicos?

Querem destruir tudo?

A direita tentou quatro vezes ganhar uma eleição presidencial para impor uma política neoliberal contra o povo brasileiro. Perdeu quatro vezes seguidas. 

Inconformada, a direita resolveu partir para o golpe do impeachment. 
Manipularam o judiciário e a mídia, vendendo uma imagem de que o governo Dilma era o satanás e que eles eram os bonzinhos...

Como conseguiram passar o golpe do impeachment na Câmara e estão aprovando o golpe também no Senado, ao assumir como Governo Interino, estão falando tudo o que é manual neoliberal, dizendo que vão privatizar tudo, vender tudo, transferir tudo que for patrimônio público para o setor privado nacional e estrangeiro, além de reduzir ou acabar com as políticas públicas, privatizando saúde, educação, segurança, justiça e tudo mais...

Eles andam tão cínicos e loucos, que falam uma coisa em um dia e o presidente interino é obrigado a desautorizar no outro. Virou um festival de besteira que assola o pais. 

Será que eles estão testando a população para ver se tem resistência ou não? Se a resistência for pequena, eles mandam os projetos para o Congresso e estes vão querer aprovar tudo rapidinho para agradar aos empresários e aos Estados Unidos, que patrocinaram o golpe.

O problema é que, além de ainda não saberem o grau de reação do povo, os golpistas no governo interino precisam levar em consideração que em outubro temos eleições municipais. E quanto mais bobagens e provocações os golpistas fizerem, pior pode ser o resultado das eleições. O povo não rasga dinheiro, nem aceita traições.

Hoje, no final da tarde, ouvi na Rádio Bandnews uma entrevista de um golpista eufórico comemorando a vitória do golpe e "explicando" como enxugar a Petrobrás, isto é, como privatizar tudo que for possível.

Fernando Henrique Cardoso, privatizou muita coisa no Brasil, vendeu bancos como o Banespa a preço de bananas, ficou dez anos sem dar aumento ao funcionalismo público e das estatais, manipulou informações com o apoio da imprensa e desvalorizou o Real logo depois de ser reeleito. Sem contar o desemprego e o arrocho salarial. Lembram que o Salário Mínimo era de 80 dólares? Depois perdeu a eleição para Lula e não conseguiu mais o apoio do povo.

Agora, além do golpe, querem destruir Lula e o PT. 
É muito cinismo! 


Nenhum comentário:

Postar um comentário