sexta-feira, 1 de abril de 2016

O Brasil diz NÃO ao golpe

Alegrias, emoções e medos

Como se fosse uma luta de David contra Golias,
o povo brasileiro ontem foi às ruas dizer NÃO AO GOLPE.

Pela primeira vez, vi todos os Estados brasileiros se manifestarem nas ruas. Por mais que tenhamos sindicatos filiados em todos os Estados, tenhamos CUTs em todos os Estados, tenhamos também partidos progressistas em todos os Estados. Foi esta a primeira vez que vi TODOS OS ESTADOS dizendo não ao golpe.

Porque comparar com uma luta de David conta Golias?

Porque o povo pobre, a classe média, os intelectuais, os movimentos sociais, os sindicalistas, todos juntos representam O TRABALHO, a mão de obra, os obreiros, enfim, a Classe Trabalhadora. Estes estão conta o golpe.

Enquanto que do lado dos golpistas estão os patrões com suas entidades patronais como a FIESP; estão os canais de TV, liderados pela Rede Globo, estão as redes de rádio e também os jornais e revistas; está uma parte importante do judiciário, uma boa parte da Polícia Federal e uma maioria de políticos corruptos e corruptores.

Apesar de todo este monopólio patronal, o povo brasileiro resiste! 

A solidariedade internacional cresce a cada dia. Mas não devemos nos esquecer da Guerra Civil Espanhola. Os jovens e o povo estavam a favor do Governo Republicano, já os conservadores, os fascistas e nazistas estavam com os golpistas liderados por Franco. A segunda guerra mundial começou para valer a partir da guerra civil espanhola. O Oriente Médio está sendo o grande ensaio desta possibilidade de uma nova guerra mundial, mas, o Brasil pode explodir e desequilibrar os poderes regionais, provocando novas guerras em novas proporções...

Olhando as fotos de todo o Brasil, olhando as fotos das manifestações nas principais capitais do mundo, todos elas contra o golpe, fiquei emocionado e lembrando-me de uma frase que uma amigo repetia ontem: "Viramos o jogo! Não Passarão!" Eu, como velho militante, respondia... "Cada dia é uma guerra em várias frentes, não é sequer uma batalha. A direita brasileira e os golpistas perderam o escrúpulo e o pudor. A direita partiu para o tudo ou nada".

Os velhos sempre são mais cuidadosos do que os jovens entusiasmados e destemidos. Ambos são imprescindíveis: tanto a ousadia dos jovens, como o cuidado dos velhos. O importante é não deixar de lutar pela democracia e pela liberdade.

Os golpistas adoram ditaduras e censuras, os golpistas adoram dizer que os juízes são os donos da verdade e que cabe aos civis obedecerem aos juízes e aos militares. Os golpistas só gostam do povo, quando o povo vota nos seus candidatos e o povo não ameaça sua  hegemonia.

Hoje, vou trabalhar com muita alegria, com muita emoção e com muito medo.
Medo de não ver nossos sonhos vitoriosos democraticamente, medo de ter que ir a luta com algo mais forte do que nossas ideias e nossos corações.

Ainda bem que, além do povo, nós temos Chico Buarque 
e tantos artistas, tantos intelectuais, tantos juristas
e juízes honestos, tantos professores, tantos estudantes,
tantos trabalhadores do campo e das cidades.

Ainda temos um grande Brasil para incluir os milhões de brasileiros 
que anseiam por um Brasil para todos, de todos e como todos.
Ah!
Ainda temos o LULA.


Nenhum comentário:

Postar um comentário