sexta-feira, 15 de abril de 2016

À direita assanhada e as flores

O golpe do impeachment chega ao dia D

A direita brasileira está vivendo uma euforia que deixa os conservadores envergonhados. Ver um empresário dizer que qualquer coisa serve para tirar Dilma, faz parte da natureza reacionária dos empresários, mas, para a direita intelectualizada como o PSDB, não deixa de ser constrangedor. Tão constrangedor que, agora que ficou claro para o povo de que, com o golpe, Temer vai dirigir o país, que os tucanos se esconderam e deixaram o serviço sujo explícito para o PMDB. Triste sina!

A imprensa, mais desarvergonhada do que os políticos, está fazendo o papel da terra arrasada. 

O judiciário já compartilha com os golpistas como será o novo governo.

Já os partidos de esquerda e os movimentos sociais, resistem com dignidade. Estará tudo perdido? Não! O jogo ainda não acabou e, mesmo se perder esta disputa golpista, o novo governo conservador e nas mãos dos empresários poderá enfrentar uma constelação nacional e de consequências imprevisíveis.

Enquanto segunda feira não chega, vamos admirando estas pequenas flores...


No meio das pedras, as flores dos trevos nascem e brilham.

Nenhum comentário:

Postar um comentário