segunda-feira, 28 de março de 2016

O golpe da direita envergonhada

Tentam vender a ideia de que este impeachment não é golpe

A imprensa que vem pregando o ódio e a mentira, agora está tentando vender a ideia de que este impeachment não é golpe. Usam até juízes aposentados, que advogam para empresas e políticos...

O problema é que ninguém está acreditando.
E mesmo o noticiário internacional começa a divulgar mundialmente que o Brasil está passando por mais um golpe na América Latina.

Os movimentos sociais deixaram de priorizar os espaços dos golpistas, como a avenida Paulista em São Paulo, e começam a dialogar com a população mais pobre. Os movimentos sociais estão surpresos com a boa receptividade que o povo apresenta. O povo não está gostando do que está vendo.

Na verdade, o povo está achando que este negócio de impeachment é "briga de ricos e de políticos". Isto é, briga de PSDB com o PT, usando o PMDB e os outros partidos que sempre estão por cima, compondo e negociando com quem está no governo.

O PMDB está animado para ser presidente pela terceira vez sem disputar um voto sequer. Foi assim quando substituiu Tancredo Neves por Sarney; depois quando Itamar Franco substituiu Collor e agora o Brasil pode ser governado por Temer no lugar de Dilma. Sabe aqueles filmes de "Hospedeiros?"

Será um golpe dentro do golpe?

Os ricos, os empresários, o PSDB e seus aliados da direita, apoiam um golpe com nome de impeachment e, na verdade, quem vai governar vai ser Temer e o PMDB. Quem conhece o PMDB sabe que eles sempre gostaram de cargos que controlam orçamentos vultosos. Ficam com o bônus, sem o ônus... Por que será?

Este é um dos motivos que faz crescer a campanha
Em Defesa da Democracia e Contra o Golpe.

Começa a surgir uma campanha por eleições gerais...

Eu sou mais radical. Eu defendo uma Nova Constituinte para elaborar uma Nova Constituição, que acabe com esta promiscuidade de 35 partidos políticos que mais parecem balcão de negócios do que legisladores. Não adianta trocar as moscas se o lixo continuar. Nosso sistema eleitoral e de governo é um lixo!

Porém, mais importante é que, além de se lutar para acabar com a corrupção e com a desonestidade política, o Brasil precisa voltar a crescer economicamente; as famílias precisam voltar a ter emprego, trabalho, salário e dignidade.

O povo não pode pagar a conta.
O povo já não aceita mais manipulações.
O povo quer mais do que comida.
O povo quer Paz, Trabalho e Dignidade!


Nenhum comentário:

Postar um comentário