terça-feira, 1 de março de 2016

Jacques Wagner é a "bola da vez"

Carioca, baiano e muito esperto...

Político do PT mais bem sucedido depois de Lula, Jacques Wagner ganhou três eleições para governador em primeiro turno e seguidamente. Isto na terra de ACM - Antonio Carlos Magalhães, vice-rei do Nordeste, porta-voz da ditadura militar na região e  padrinho da primeira candidatura de FHC para presidente da república. Ninguém imaginava que Wagner fosse capaz de tamanha proeza... Nem os Institutos de Pesquisas. Todos erraram feio.

Na última eleição para governador, quando Wagner indicou seu sucessor, mesmo os petistas de todo o Brasil baseavam-se mais nas pesquisas eleitorais da imprensa do que na tranquilidade de Jacques Wagner. No final, o candidato de Wagner ganhou no primeiro turno, deixando os carlistas e peemedebistas com cara de paisagem...

Agora, com a saída do ministro da Justiça que não representava o PT nem os movimentos sociais, o novo ministro vem da Bahia, por indicação de Jacques Wagner, que, aos poucos vai se transformando no homem forte do governo. Bem melhor do que Joaquim Levy ou Mercadante...

Exatamente por ter um passado de sucesso, Jacques Wagner começa a ser bombardeado pela imprensa, pela Polícia Federal e pelos golpistas de plantão.

Nascido no Rio de Janeiro, mas baiano por vida e opção, Jacques Wagner tem este novo grande desafio. Caso saia mais uma vez vitorioso, estará se credenciando a ser o melhor nome para candidatar-se à presidência da república em 2018. Se Lula não for candidato, é claro. E se a turma da Lava Jato e do Judiciário não tiverem prendido todo mundo do PT e decretado à cassação do partido. Decretando a ditadura jurídica contra a Esquerda brasileira.

Parafraseando Vinicius de Moraes, como o Samba nasceu lá na Bahia e hoje ele branco na poesia, ele é petista demais no coração.

Jacques Wagner tem este novo desafio. Por mais que a direita queira determinar o presente e o futuro do Brasil, a vida nos trás muitas surpresas e o futuro do Brasil é democrático e pluralista.

Afinal, a Terra é nossa Pátria e o Brasil tem grande contribuição na construção deste Mundo Novo.

Nenhum comentário:

Postar um comentário