domingo, 17 de janeiro de 2016

Hungria, Síria, Alemanha e Espanha: Uma história de migração

Depois da Rasteira, na Hungria
A odisseia de Osama, o sírio

Ter que migrar de seu país de origem, a Síria, tentando chegar à Alemanha, mas tendo que passar por países que foram comunistas, nem sempre a solidariedade se faz presente... O Caderno Aliás do Estadão de hoje (domingo), publica uma lindíssima reportagem de Ralf Hoppe, jornalista da revista alemã Der Spiegel. Vejam abaixo o endereço para abrir:

http://alias.estadao.com.br/noticias/geral,depois-da-rasteira,10000007253

O mundo precisa tomar conhecimento desta reportagem. Pena que o Estadão anda tão ruim politicamente. Mas os cadernos de economia e cultura continuam valendo a pena, além das boas matérias internacionais.
Abram a matéria e leiam com carinho. O autor merece um prêmio muito especial.

Realmente "Um outro mundo é possível!"

Nenhum comentário:

Postar um comentário