sexta-feira, 29 de janeiro de 2016

BTG demite 305 funcionários

18% dos bancários foram demitidos

E 25%  das despesas do banco no Brasil.
É sempre muito triste ver demissões em massa.
Quantos dos demitidos abriram mão de outros empregos para poder trabalhar num banco que todos os dias estava na imprensa como o melhor banco de investimento do Brasil?
Quantos se endividaram comprando casa ou apartamento, trocando de carro ou de escola dos filhos?
Tudo isto dói muito... Qual será a indenização que cada funcionário demitido receberá?

Por mais que faça parta da economia de mercado e do nosso capitalismo, o Brasil tem tradição de ser mais tolerante com demissões em massa do que outros países da Europa e mesmo da América Latina.

Já que estamos falando de notícias ruins, na mesma página do jornal Valor onde aparecem as demissões no BTG, há também noticia sobre o prejuízo do Deutsche Bank, tradicional banco alemão. Como o prejuízo foi de 6,8 bilhões de Euro, o banco cancelou o BONUS que a alta direção teria direito.

Mas, além das notícias ruins, há notícias boas.
O Bradesco lucro R$ 17 bilhões em 2015. Significa quase 1,5 bilhão de reais por mês. É mole? O Santander já apresentou seu resultado e o Itaú deve soltar na próxima semana.

O Brasil é maior do que a crise, mas é fundamental se tomar decisões que levem à redução do desemprego e ao crescimento econômico.

Nenhum comentário:

Postar um comentário