quinta-feira, 24 de dezembro de 2015

Natal para si e para todos

Um bom abraço para todos

Quando era pequeno, o Natal era uma festa familiar e religiosa... Hoje em dia o Natal virou o momento de maior consumo do ano. Em vez de dar abraços e afetos, as pessoas dão presentes, gastam dinheiro, mesmo que não tenham...

Até por solidariedade, procuro fazer com que nosso Natal seja um pouco o Natal familiar e religioso, com o Natal de presentes. Poucos e simbólicos presentes. 

É o eterno dilema entre o individual e o coletivo. Qual é o ponto de equilíbrio? Creio que varie de pessoa para pessoa. Reconheço que vivemos numa sociedade de consumo, mas gosto mais da sociedade solidária e fraterna. Sem dogmas e preconceitos. Sem excessos...

Por isto que, para melhor lembrar do Natal solidário, mostro nossas flores do pé de Lágrimas de Cristo. Elas nascem verdes, ficam brancas, com pequenas flores vermelhas por dentro e depois vão secando, secando, até chegar o frio e as flores e folhas caírem, ficando apenas cipós. Para depois renascerem. Belas e coloridas...

Cristo deve renascer diariamente em nossos corações e nossas mentes. Não apenas no Natal. Mas, todos os dias...


Nenhum comentário:

Postar um comentário