sábado, 21 de novembro de 2015

Até tu, Nizan Guanaes?

Brasil vende tudo ao estrangeiro 

Até Nizan, um dos empresários com melhor discurso de Brasil Moderno, 
trocou sua modernidade por um bilhão de reais...

Já ando triste com a falta de gente com autoridade para botar ordem na zona que se transformou o Brasil. Comecei a ter um pouco de esperança com a união entre empresários e trabalhadores para mudar a política econômica e botar a economia para crescer e gerar emprego, renda e lucros. No outro dia, no dia da consciência negra, Nizan, que veio da Bahia, vende suas empresas aos empresários americanos.

O Brasil continua sendo uma terra sem leis, sem ordem e sem uma burguesia nacional que construa um capitalismo brasileiro. Os empresários continuam preferindo ganhar dinheiro rápido, em vez de construir multinacionais. Continuamos colônia...

Ainda bem que, ao lado da chamada de capa da Folha sobre a venda do Grupo ABC de Nizan, tem a notícia de Informando que Jorge Paulo Lemann defende o entendimento nacional e até que Lula e FHC criem juízo e priorizem o Brasil.

Enquanto isto não acontece, é este espírito de vira lata que faz com que apareçam políticos mercenários que querem privatizar a Petrobras. Depois vão querer vender o Itau e o Bradesco para os estrangeiros e depois venderão os jornais e TVs. 

Por ultimo e para facilitar, vão transformar o inglês em língua oficial e deixar o português como língua secundária. 

E o povo vai aceitar isto passivamente?
Só Deus sabe...

Nenhum comentário:

Postar um comentário