quinta-feira, 29 de outubro de 2015

PMDB vai investir na Democracia ou no Golpe?

A Folha prefere o PMDB do Golpe

A principal chamada de capa da Folha de hoje é uma conclamação ao PMDB para que ele opte pela alianças com os golpistas do PSDB. É tudo que a Folha quer...

Mesmo reconhecendo que as afirmações que originaram a manchete foram chupadas de um documento interno que ainda é uma "minuta", a Folha decidiu transformá-las em afirmações categóricas que justificavam ser usadas como manchetes. É uma forma de obrigar o partido a decidir conforme o noticiado. Isto é, transformar desejo em realidade. Isto é jornalismo chulo e marrom.

No meio do texto da capa, como se justificando, o jornal cita que:
 "O texto ao qual a Folha teve acesso é uma VERSÃO PRELIMINAR (destaque meu) e ampliada, portanto sujeita a alterações, da peça que começa a ser discutida entre dirigentes da sigla nesta quinta-feira (29)."

Faz tempo que não vejo tanta mediocridade na Folha...

Mesmo os deputados e senadores do PMDB sendo mais conservadores ou reacionários do que nas bancadas anteriores a 2014, não cabe à Folha determinar se o partido fica ao lado dos golpistas ou ao lado das regras democráticas.

Fui filiado ao MDB histórico. Sempre defendi a Democracia e a pluralidade como princípios. Com a redemocratização mudei-me para o PT por querer o Brasil mais comprometido com as causas sociais e a melhoria de vida dos pobres. Afinal, sou migrante do interior da Bahia para São Paulo aos 16 anos de idade, ainda no auge da ditadura militar (1970).

Continuo sendo um defensor de uma Ampla Frente Social 
de apoio à modernização do Brasil, à defesa da economia de mercado
e à liberdade religiosa, partidária e cultural.

Se o PMDB atual é mais conservador, isto não justifica negar o papel histórico que o PMDB sempre teve. Conviver com o PT é difícil? Reconheço que é, mas conviver com os fascistas e golpistas é muito mais difícil ainda. Tenho certeza que a grande maioria dos filiados ao PMDB são democratas, como, sem a pressão da imprensa, mesmo os deputados e senadores, tendem mais para a democracia do que para o golpe.

Se a Folha prefere que o PMDB se alie aos golpistas, tenho certeza que milhões de brasileiros e brasileiras preferem que o PMDB continue investindo na Democracia e nas regras constitucionais. O partido tem direito de lançar seus candidatos a prefeitos, governadores e presidente. O partido não precisa ser massa de manobra do PSDB nem de FHC.

Com quem o PMDB vai ficar?

Nenhum comentário:

Postar um comentário