segunda-feira, 7 de setembro de 2015

Holocausto no Oriente Médio precisa parar

Curdos e Palestinos sem Pátria

Os nazistas fizeram o Holocausto contra os judeus e estes ganharam uma Pátria, o Estado de Israel. A Europa pagou a dívida para com os judeus, criando um outro enorme problema, desalojou milhares de palestinos, tornando-os Sem Pátria, como eram os judeus, até então. 

A nova crise de imigração que tomou conta da Europa e assusta o mundo, evidencia também que um outro grande povo, desde a primeira guerra mundial clama por ter seu país. São os curdos, e, por falar em curdos, o marco nesta crise de imigração foi a publicação de uma série de fotos de uma criança branca morta à beira mar... 

Chocou o mundo e mudou a história da crise atual. Mas, no Brasil, somente o jornal Estadão deu a notícia completa: A pequena criança, de nome Aylan Kurdi, de apenas 3 anos de idade, era Curda e síria.

Os curdos estão espalhados pela Turquia, Síria, Iraque, Irá e Rússia. Além de outros países. São mais de três milhões de pessoas...  Há vários países com menos gente do que a população curda.

Para Gabriel Zacarias, professor doutor na França e na Itália, em artigo publicado no Estadão de domingo passado, " a força da foto que chocou o mundo está no que ela oculta: Aylan era curdo sírio . E  morreu porque era curdo". 

Quantas crianças e velhos curdos e palestinos ainda terão que morrer até o mundo e a ONU reconhecerem o direito de terem seus países, suas Pátrias.

Enquanto Israel rapidamente nega espaço para imigrantes fugindo das guerras no Oriente Médio e fala em construir muros para dificultar o acessos a seu território, os árabes aproveitam-se de qualquer pretexto para matar curdos. 

O mundo não pode calar. 
Chega de novos holocaustos!


Nenhum comentário:

Postar um comentário