quarta-feira, 16 de setembro de 2015

Economia e golpe político

Qual vem primeiro ?

Quando a Economia está boa, governo não cai ou perde eleição. 

Portanto, os golpistas já perceberam que, para derrubar Dilma, precisam travar a Economia, mesmo que isto prejudique muito o Brasil. Isto vale para os políticos, a imprensa e o judiciário. Os fins estão justificando os meios. Vivemos o Vale Tudo...

O maior problema que estamos vivendo é que o governo Dilma, com Levy, pratica o neoliberalismo na Economia, ao querer agradar a direita e evitar o golpe, e, com isto, se afasta cada vez mais do seu eleitorado e dos movimentos sociais.

Se o governo vai perdendo a base de sustentação, como evitar o golpe?

Em primeiro lugar faz-se necessário reaglutinar os setores que defendem o projeto original liderado por LULA. A partir dai marcar uma reunião com a presidente Dilma para avaliar se há possibilidade de ela comprometer-se com nosso projeto original. 

Sem o compromisso com nosso projeto não tem como dar sustentação ao governo. 

Ainda temos tempo para negociar e defender nosso projeto e nosso governo. Desde que seja efetivamente o nosso governo. Nosso significa vários partidos como aliados, porém unificados num programa mínimo.

A Reforma Política é mais um momento oportuno para se recompor o governo e melhorar a governabilidade. 

O povo está pagando a conta desta guerra suja e não podemos concordar com isto.

Nenhum comentário:

Postar um comentário