terça-feira, 8 de setembro de 2015

Brasil precisa de muitas reformas...

Reforma do Estado, da Sociedade e das Pessoas

Os conservadores querem enxugar o Estado e cortar benefícios sociais. As esquerdas querem aumentar o tamanho do Estado e aumentar os benefícios sociais. Quem têm razão?

Ambos estão certos e ambos estão errados.

Se privatizarem tudo, como querem os conservadores, a população terá que pagar por tudo que consome, mesmo sendo de má qualidade, como o transporte, a saúde, a educação, a luz, o telefone, a água e tantas outras coisas.

Se obrigarem o Estado (prefeituras, governos estaduais e governo federal) a fazer tudo para o povo, como querem as esquerdas, automaticamente faltará dinheiro para tanta coisa, como também não haverá garantia de qualidade.

Portanto, precisamos fazer sim a Reforma do Estado, tornando-o mais eficiente e transparente, gerindo a Sociedade e principalmente as Políticas Públicas. Porém, é mais do que necessário se repensar e reorganizar a forma como a sociedade está estruturada. O cachimbo costuma deixar a boca torta, e muita coisa errada que vemos nos dia a dia, é decorrência dos erros estruturais tanto no Estado como na Sociedade.

Priorizar as políticas públicas e os serviços básicos como moradia, educação, transporte, alimentação e saúde ajuda a repensar tanto o Estado quanto a Sociedade. Se estes serviços básicos forem de qualidade e de baixo custo, automaticamente o custo de vida será mais baixo e os preços dos produtos também poderão ser menor.

O Brasil é um país travado estruturalmente, com um Estado velho, uma sociedade cheia de vícios e as pessoas desacreditadas de tudo.

Já que devemos reformar o Estado e a Sociedade, vamos também fazer ampla campanha para que as pessoas sejam mais educadas e coletivas. Que as pessoas pratiquem efetivamente a CIDADANIA. As pessoas precisam de dinheiro, mas, precisam também de formação, educação individual e coletiva. Não será pregando e praticando o ódio que o Brasil vai melhorar. A imprensa pode dar grande contribuição para estas mudanças de comportamentos.

Se todos fizerem sua parte, com certeza o Brasil vai melhorar muito... 

Infelizmente o ministro da Fazenda, Joaquim Levy, está falando somente da reforma do Estado, enquanto uma necessidade neoliberal. Acontece que o governo Dilma não foi eleita para este tipo de reforma. Dilma foi reeleita para modernizar o Brasil do ponto de vista de todos os brasileiros e brasileiras, principalmente os brasileiros de baixa renda.

Nenhum comentário:

Postar um comentário