quarta-feira, 26 de agosto de 2015

Brasil continua em águas turvas

Empresários querem trabalhar mas políticos preferem o caos

Quem lê os cadernos econômicos dos jornais vê um país, quem lê os cadernos de política vê outro país.

Os empresários querem voltar a produzir, trabalhar mais, vender mais, exportar mais e ver o Brasil crescer...

Os políticos querem botar fogo no país, barganhar apoios e benefícios em troca da governabilidade. A CPI da Petrobrás se confunde com o Lava Jato e os depoimentos que valem para uns não valem para outros, mostrando que, no Brasil, a Justiça é uma questão de conveniência...

E por falar em conveniência, a verdade é o que menos importa para nossa imprensa. O doleiro dizer que Aécio recebeu dinheiro de Furnas, em  plena CPI, é menos importante do que Gilmar Mendes tentar mais uma vez melar a posse de Dilma e Temer. E se o mesmo doleiro dissesse que Dilma recebeu dinheiro de Furnas, a imprensa reagiria como reagiu?

Os empresários precisam conversar com os trabalhadores e pressionarem os políticos para deixarem de fazer o diz que disse e que também os políticos comecem a trabalhar pelo bem do Brasil.

Como diz Roberto Rodrigues, "O Brasil não pode parar!"

Nenhum comentário:

Postar um comentário