quinta-feira, 16 de julho de 2015

As flores e as crises

São Paulo está cheia de Ipês floridos

Quem anda pela Avenida Dr. Arnaldo e desce à Rua da Consolação imagina que está em outro país e em outra cidade. São Paulo está florida e algumas ruas e avenidas parecem jardins. Nem parece nossa maltratada Sampa. Até o Cemitério da Consolação está cheio de ipês floridos.

Aqui na Vila Madalena, os ipês estão florindo em grande quantidade. Seja na Rua Harmonia, seja na Fradique Coutinho e tantas outras ruas.

Temos até cerejeiras em flor... Na praça Vicentina, na Vila Beatriz, são duas cerejeiras todas floridas. Na nossa rua também tem cerejeira em flores.

Até nosso pé de Jasmim começou a florir. Algumas flores, tímidas, mas alegres e que se juntam as flores do pé de primavera. Na Grécia também há muitos pés de primavera. Pena que, lá, como cá, o clima econômico e político estão mais para inverno chuvoso do que para primavera.

Mesmo os jornais continuarem cheios de crises, hoje só vou falar de flores. Afinal, não é qualquer dia que nosso pé de Jasmim floresce. Que surjam muitas flores e que as pessoas comecem a gostar mais das flores do que das crises.

Nenhum comentário:

Postar um comentário