sábado, 27 de junho de 2015

Lucrando na crise...

Grandes negócios

Enquanto a Imprensa e a Oposição jogam tudo na crise, alguns empresários conseguem fazer grandes negócios.

Vejam o caso do dono da AZUL.
David Neeleman, americano com cidadania brasileira e proprietário da empresa aérea Azul, fez duas cartadas de mestre. Primeiro comprou a TAP, abrindo o mundo aéreo da Europa. Em seguida fez uma parceria com a United, vendendo 5% da participação e com isto abrindo o mercado aéreo dos Estados Unidos. Assim, em pouco tempo, quem era um empresário médio nos Estados Unidos, ao começar uma nova empresa regional no Brasil, abriu espaço para, com a dobradinha Brasil-Estados Unidos, também crescer na Europa e nos Estados Unidos. Passando a ser um Grande Empresário. Ganhou muito com a crise nos três mercados: Estados Unidos, Brasil e Portugal.

A Abril Educação vai mudar de nome...
Depois de ser vendida pelo grupo Abril dos Civita, a Abril Cultura passou a ser do Grupo Tarpon e vai se chamar Somos Educação. A criação do nome foi de Nizan Guanaes, da Agência África, que também ficará responsável pela área de comunicação institucional do novo grupo.

Comprar Faculdades está na moda...
O grupo Carlyle e a Vinci Partners Investimentos estão negociando a compra de alguns ativos da Kroton Educacional S.a. Isto inclui a Uniasselvi. Mas a Cruzeiro do Sul também avalia fazer ofertas por ativos na área de educação. Com tanta ajuda do governo federal, dar bolsas de estudos para jovens de baixa renda, virou um grande negócio financeiro...

Já na Indústria Automobilística, enquanto as montadoras dão férias coletivas e demitem, a Honda e a Toyota continuam em forte produção e venda. Nossos japoneses são melhores que os outros?

E quando o Congresso Nacional e o Governo Federal vão aprovar a abertura do setor de comunicação para o mercado internacional? Se a Saúde, a Educação, o Transporte, a Habitação e a Alimentação podem ser privatizadas e internacionalizadas, porque a imprensa não pode? Que capitalismo é este?

Nenhum comentário:

Postar um comentário