terça-feira, 30 de junho de 2015

Ipês vida e morte

O brilho do sol

Ao voltar de taxi hoje à tarde tive a grata satisfação de ter mais tempo de olhar as árvores e as flores, por não estar dirigindo.

A primeira grande beleza foi ver a grande quantidade de ipês floridos no Cemiterio da Consolação. O sol da vida especial para cada flor e cada árvore.

Ao chegar na avenida Dr. Arnaldo foi outra beleza... Os cemitérios todos floridos.

Depois lembrei que ontem quando fui para o centro pela rua Fradique Coutinho descobri que desde a rua Natingui - onde termina - até a rua Pinheiros - onde começa - a rua tem vários pés de ipês rosa. Apesar dos prédios e do trânsito. Ainda não destruíram as árvores e as flores...

Falando para as pessoas sobre o brilho do sol do inverno, ouvi também que na Grécia o mar é azul, como nosso céu, e as flores também brilham muito. Lá tem muitos pés de primavera. De todas as cores.

A Grécia está em situação econômica pior do que o Brasil. Mas o sofrimento político é parecido. Só que, enquanto na Grécia são onze milhões de habitantes, aqui no Brasil somos mais de duzentos milhões. 

Haja coração!

Nenhum comentário:

Postar um comentário