quarta-feira, 27 de maio de 2015

O mundo quer saber de Vaccari e seu neto

O lado ruim do Brasil no mundo

Por mais que a gente se esforçe, volte e meia aparece algo ruim sobre o Brasil na imprensa internacional. 

Ora é o desmatamento da Amazônia, ora são os assassinatos no Rio de Janeiro em função da guerra dos traficantes nos morros da Cidade Maravilhosa, ora são os assaltos com mortes em São Paulo, onde dizem que o PCC controla a polícia e os presídios, ora são as mortes no campo...

Ultimamente o Brasil está na imprensa mundial em função dos escândalos na Petrobrás e da crise política e econômica depois das eleições de novembro de 2014.

Agora o Brasil, que já foi o País do Futebol, também está na imprensa internacional em função das prisões por corrupção na Fifa. 

É bom saber que o Brasil e o mundo estão passando por um processo de depuração ética e moral. Mas não podem confundir corrupção na Petrobrás com punição a João Vaccari por este ser tesoureiro do PT. Até agora Vaccari tem provado item por item de que é inocente e que não fez nada ilegal. Justamente por isto que estamos fazendo esta campanha nacional em defesa de Vaccari e pelo direito de ele visitar seu primeiro neto que nasceu nesta segunda-feira.

O mundo quer notícias de Vaccari e de seu neto

Por falar em prisões e violências, a partir do momento que começamos a campanha pela libertação de João Vaccari e pelo direito de ele visitar seu netinho que acabou de nascer, as redes sociais brasileiras começaram a ser visitadas por pessoas em todo o mundo.

Só no nosso blog, tivemos mais de 20 países querendo notícias de Vaccari e de seu neto

Vejam que variedade de países:

Grécia, Índia, Colômbia, Argentina, Russia, Irã, USA, Alemanha, Ucrânia, Portugal, Uruguai, Itália, França, Bélgica, Jordânia, Emirados Árabes, Espanha, Moçambique, Canadá e Peru.

Se o mundo quer notícias sobre a prisão indevida e injusta de Vaccari, nós também queremos saber porque os parlamentares, os juízes, os políticos em geral e a OAB não estão participando da campanha pela libertação de João Vaccari Neto e pelo direito de ele visitar o seu primeiro neto que acabou de nascer?

Se hoje eles prendem Vaccari, amanhã podem prender qualquer um, inclusive você.

Um comentário:

  1. Absurda essa prisão do Vaccari. Ontem a Câmara aprovou o financiamento privado de campanha alegando que é impossível fazer eleições sem dinheiro dos empresários. João Vaccari não fez nada mais do que um tesoureiro de partido faz: arrecadar dinheiro de doações de empresas para financiar campanhas eleitorais. Nenhum sinal de enriquecimento pessoal. Essa prisão é política. Liberdade para João Vaccari já.

    ResponderExcluir