quinta-feira, 21 de maio de 2015

Itaú também quer comprar o HSBC

Agora a briga vai ser boa...

O Itaú não entra em briga financeira para perder. O Estadão de  hoje informa que a diretoria do banco Itaú Unibanco declarou publicamente que também está interessado na compra do HSBC Brasil. Se bobear ele também compra o HSBC do México. Quem conhece Itaú não duvida da sua ousadia...

Além do Itaú, o Santander, o Bradesco, o BTG, grupos chineses, o espanhol Inbursa e o canadense Scotia Bank teriam interesse. Os chineses, espanhóis e canadense provavelmente não virão para o varejo no Brasil.

A disputa vai ficar mesmo entre o Itaú, Bradesco e Santander. O Bradesco está quieto e ainda não declarou nada. Mas, nas últimas disputas, faltou ousadia ao Bradesco e o Itaú foi lá e comprou os bancos que estavam à venda.

O fato de o valor de venda estar estimado em cerca de US$ 4 bilhões não quer dizer nada para o Itaú. Um banco que lucra quase 2 bilhões de reais por mês, tem dinheiro sobrando para comprar qualquer banco ou empresa brasileira.

Já que estamos falando de preços, o HSBC "comprou" o Bamerindus, no governo FHC, por UM DOLAR. Sendo que o banco estava sob intervenção do Banco Central e o ex-dono do Bamerindus foi o maior contribuinte para a eleição de FHC. Ingratidão tem nome e endereço. Agora este banco vale 4 bilhões de dólares? Lembram muito a compra do Banespa pelo Santander. Também foi uma bagatela na época de FHC.

Como dizia a boa propaganda da Poupança Bamerindus: Este FHC!!!

Nenhum comentário:

Postar um comentário