domingo, 3 de maio de 2015

A vida e o tempo

Tempo de muita instabilidade e incertezas

Depois de folhear os jornais de hoje e não ler nenhuma matéria, fui dar uma olhada no facebook para ver se aparecia algo mais do que nos jornais. 

O quê me chamou atenção no face, que eu nunca tinha visto, foi a relação de fotos das pessoas credenciadas como minhas amigas... Fui passando, uma por uma, e fui ficando impressionado como tem gente de todo o Brasil, gente de vários partidos e religiões. Fui matando a saudade dos vários momentos da nossa vida. 

Vi que tinha muitos amigos, amigas e muitas boas lembranças. 

Lembrei-me então da imprensa brasileira que anda destruindo tudo que tem a ver com o PT e os governos petistas. Lembrei-me também que ontem postei a reportagem sobre o Vietnã e os Estados Unidos, onde escrevi que Kissiger está com 92 anos de idade e que eu também pretendo estudar, militar e escrever até os 92 anos. 

Hoje, olhando as fotos dos amigos no facebook, fiquei pensando sobre os tempos atuais, os ataques ao PT que ajudamos a construir e a ganhar eleições, mesmo tendo problemas com os mandatos. Porque tanta vontade de nos destruir? Porque tanto ódio de classe? Porque até a polícia federal e o ministério público, que deveriam estar à serviço do povo, se colocam à serviço dos golpistas reacionários?

O Brasil é um pais de pouca história. A escravidão demorou para acabar e tem pouco registro histórico, a primeira central sindical surgiu apenas em 1983, um grande partido de esquerda surgiu apenas nos anos oitenta. Enquanto na Espanha, o Partido Socialista surgiu em 1879!

Ao ver tantas fotos de tantos amigos e amigas, a grande maioria militantes sindicais e partidários de esquerda, e ver a baixaria da imprensa, fico pensando em como podemos ajudar a diminuir tanto ódio e tanta mentira da imprensa brasileira.

 Depois de horas olhando as fotos e lembrando que este blog está chegando a 400 mil acessos e tem gente de 122 países que nos acompanha, cheguei a conclusão que estamos plantando e semeando para as futuras gerações. Se nossa vida é bem melhor que a de nossos pais e a vida dos nossos filhos já é bem melhor do que a que tivemos, com certeza, a vida dos nossos netos será ainda melhor, principalmente se continuarmos a defender uma sociedade mais justa e solidária. 

Cada amigo e amiga é mais um multiplicador de idéias, práticas e esperanças. Venceremos!

Nenhum comentário:

Postar um comentário