sábado, 25 de abril de 2015

Voz Ativa contra o retrocesso

A Direita quer dar a "volta por cima".

Que tragédia, eleger uma candidata de esquerda, com um Congresso Nacional de direita, com a economia em recessão e um Ministro da Fazenda neoliberal. Pior do que isto só a falta de água e a falta de luz. E a presidenta estar sem controle da situação.

Como reverter a ousadia da direita? Como botar limite no revanchismo esquizofrênico de Eduardo Cunha? Como sensibilizar Renan Calheiros, presidente do Senado, a segurar o louco do presidente da Câmara?

É preciso ter Voz Ativa, já dizia Chico Buarque nos velhos tempos da ditadura. É preciso "no nosso destino mandar"...

Como reverter o retrocesso? 
Com pequenas vitórias e com muita conversa e mobilização.
O projeto de crescimento econômico com inclusão social está num impasse. Na medida que não tem crescimento econômico fica fácil falar que não tem como fazer inclusão social. Os governos Lula e Dilma fizeram inclusão econômica mas não investiram na formação de militância orgânica  para defender o projeto. Acreditaram na adesão espontânea... Quando a adesão é apenas espontânea, da mesma forma que chega, sai...

Querem um exemplo? 

As Igrejas Evangélicas foram grandes beneficiárias com o projeto de Lula de crescimento econômico com inclusão social. Na medida que os pobres melhoram de vida e estes são a grande base das Igrejas Pentecostais, estas passaram a receber grandes contribuições financeiras em forma de Dízimos. Agora com a recessão, os dízimos diminuíram e os pastores e bispos passaram a buscar recursos na oposição. Isto é, no PSDB e no PMDB fisiológico. Querem uma prova disto? Verifiquem os resultados eleitorais e as últimas votações. Em quem e em que os deputados evangélicos votaram?

O PT e as esquerdas já não contam nem com a Igreja Católica da Teologia da Libertação nem com os Pentecostais das Igrejas Evangélicas. E começa a não contar com os pobres que estão perdendo os empregos e a perspectiva de vida melhor.

Levanta, sacode a poeira e dar a volta por cima!
Isto vale para a Direita e também vale para a Esquerda.

A gente quer ter "voz ativa, no nosso destino mandar,
mas eis que chega Roda Viva e carrega o destino prá lá...

Estaremos precisando de uma Nova Tropicália?

Nenhum comentário:

Postar um comentário