sexta-feira, 17 de abril de 2015

Podem prender os vizinhos?

A cumplicidade e a omissão também são criminosas

Olhando os jornais de hoje, constatei dois tipos de comentários nos jornais:

1 - Matérias que comemoram o fato de o tesoureiro do PT estar preso, mesmo sem julgamento e condenação formal.

2 - Matérias que apontam a crise política e econômica como uma etapa importante para desgastar o PT e levá-lo para uma estrondosa derrota eleitoral, tanto em 2016 como em 2018.

Constatamos que o pessoal que comemora a prisão do tesoureiro é o mesmo pessoal do "prenda e arrebenta", que apoia qualquer medida que leve à derrota do PT, mesmo que seja preciso coloca-lo na ilegalidade. Estes não gostam de ser chamados de nova direita, Tea Party, fascistas, nazistas ou neoliberais a serviço dos Estados Unidos. Mas se colocam a serviço disto e devem comemorar mais ferozmente às portas fechadas. Ainda não têm coragem de se expressarem publicamente como os que já defendem a volta dos militares.

Já o pessoal que prefere o desgaste eleitoral, além de demonstrar constrangimento com as prisões abusivas desta Justiça do Vale Tudo, constrange-se também com as manifestações grosseiras nos cartazes nas ruas e mesmo nas redes sociais. Além de ser contra as baixarias dos parlamentares oposicionistas. Estes são os "bons burgueses", ou bons capitalistas. Os bons democratas.

O mundo moderno pressupõe pluralidade partidária, pluralidade religiosa, neutralidade do Estado, Imprensa livre e respeitosa com a diversidade de opiniões, além da economia de mercado, é claro.

O capitalismo não precisa mais de golpes de Estado, seja militar, jurídico ou legislativo. Isto é coisa de país pobre de política e de espírito.

Porque o ódio contra Lula?

Lula nunca foi comunista, nunca compactou com o autoritarismo, Lula poderia ter submetido ao Congresso Nacional o pedido de direito a candidatar-se ao terceiro mandato consecutivo, como FHC fez ao apresentar a Emenda Constitucional autorizando a reeleição já no seu mandato. Lula poderia ter feito muito mais, mas não fez. Reforçou as regras da Democracia Burguesa e Conservadora como é a nossa democracia. Uma democracia meia boca...

Estamos todos acovardados?

Antigamente tínhamos grandes juristas que se posicionavam publicamente. Tínhamos importantes empresários que defendiam a redemocratização do Brasil e tínhamos importantes religiosos que defendiam a liberdade. Os estudantes, os sindicalistas e os movimentos populares foram surgindo e tendo papel importante na redemocratização do Brasil e da América Latina.

Atualmente estes atores importantes estão acovardados, silenciosos, com medo de tudo e de todos. Tudo isto facilita a prisão de vizinhos, colegas e parentes, em nome da necessidade de se apurar denúncias de delatores que topam tudo para sair da cadeia.

Nossa sociedade está ficando violenta e com medo. Para o pessoal mais à direita, a Democracia deixou de ser um princípio e uma clausula petrea da nossa Constituição, para ser uma questão tática, sem importância. Já que, importante mesmo e derrubar o PT dos governos, mesmo que tenha que tenha que colocar o PT na ilegalidade.

A repressão pode começar no PT, mas não acabará aí. Foi assim com o Nazismo na Alemanha, com o Estanilismo na Rússia, e também no Brasil de 1964.

Nossas lideranças brasileiras precisam explicitar suas escolhas:  

Democracia é Tática ou é Estratégia?

Nenhum comentário:

Postar um comentário