sábado, 4 de abril de 2015

Páscoa de alegria e de tristeza

Aprendendo com a vida

As pessoas,que acessam as redes sociais estão perguntando como pode alguém brincar com a tragédia dos outros. Até os jornais conservadores estão reclamando. Com razão. Qual é o limite da liberdade de expressão ? 

Tenho vários  amigos que fazem aniversário na Páscoa e estes estão alegres e com seus familiares e amigos. No entanto, temos muitos conhecidos sofrendo com as más notícias ... No Quênia mataram jovens por serem cristãos e aqui se mata crianças por morarem em favelas "pacificadas".

A própria Bíblia diz que na Páscoa Jesus ressuscitou. Nasceu de novo para mostrar ao mundo que a vida continua. Se continua, por que sofremos tanto quando perdemos um parente ou um amigo? Mesmo que seja em função dos instintos de vida e de morte, ninguém gosta de morrer ou perder alguém querido.

Todos os meses eu mostro neste blog fotos de flores da Vila Madalena, em São Paulo, ou de outros lugares. Ao mostrar as flores regularmente, serve como alerta de que, conforme a estação do ano, temos flores diferentes. Algumas, como as mariazinhas, estão presentes o ano todo. Outras, como as lágrimas de Cristo acompanham as chuvas, o sol e o frio...

Vejam estas fotos da lágrimas de Cristo:


Vejam como tudo está verde e bonito...


As folhas e as flores aparentemente são iguais as dos anos anteriores, mas nem são iguais, nem são as mesmas. Nós, humanos, também nem somos iguais, nem somos os mesmos. Apesar de mantermos os nomes e a vontade de viver.

Acho bonito como os judeus comemoram a Pascoa, com sua tradição e história. Os Cristãos criaram a Pascoa a partir de Jesus, que era judeu e serviu de semente para a maior religião da história da humanidade. Até os muçulmanos comemoram a Pascoa. Faz parte do mundo ocidental.

A cada Pascoa, vamos tentar ser mais humanos, humildes e solidários? Ésó lembrar de Jesus e das plantas, com suas flores...

Nenhum comentário:

Postar um comentário