domingo, 12 de abril de 2015

12 de Abril: O Refluxo do Ódio

O perigo do ressentimento

Em vez de comemorar que as manifestações neste domingo foram bem menores, devemos refletir sobre o quê fez acontecer o refluxo e como contribuir para continuar acalmando o Brasil e todos passarem a trabalhar para o bem comum, em vez de ficar torcendo para dar errado.

Na medida que o Brasil for se acalmando, vai também diminuindo a influência dos extremistas, sejam eles da direita ou esquerda. É hora de unir o Brasil. A presidente Dilma tem contribuído para acalmar os ânimos quando parou de dar entrevista ou fazer depoimentos com expressão de "durona". A função da presidência requer magnanimidade, equidistância e serenidade. O povo quer e precisa da Paz, não da guerra.

Se, por um lado, a presidência tem contribuído, inclusive com a nomeação do vice-presidente, Michel Temer, como negociador oficial com o Congresso Nacional, por outro lado, a composição do ministério também está melhorando, embora ainda haja um ou outro ministro que fala mais do que deve.

Um outro ponto muito importante para contribuir para acalmar o Brasil, é a presidente Dilma indicar o jurista para assumir o lugar de Joaquim Barbosa, no STF - Supremo Tribunal Federal. Ao recompor o Judiciário, estará contribuindo para equilibrar os poderes da República. O Judiciário brasileiro anda parecendo um circo midiático.

Assim o próprio Congresso Nacional tenderá a voltar a exercer suas atribuições de legislador supremo e deixará suas vaidades de lado.

Um outro aspecto de fundamental importância, sinalizado com o refluxo do ódio nas manifestações, é o perigo que os líderes, abandonados pelas bases, comecem a radicalizar as ações. Refletindo mais seus ressentimentos do que a vontade do povo brasileiro. Aí mora um grande perigo. Pessoas ressentidas precisam de cuidados especiais...

É hora de perdoar e aglutinar as pessoas e o Brasil.
É hora de humildade e de muito trabalho.
Todos devemos priorizar que a economia volte a crescer,
a manutenção do emprego qualificado e
que tenhamos saúde e educação de qualidade.

Ah! E que tenhamos SEGURANÇA!


Um comentário: