terça-feira, 10 de março de 2015

Senador do PSDB é psicopata?

Aloísio Nunes perde a razão

Está na capa da Folha de hoje:

"Não quero que Dilma saia, QUERO SANGRAR A DILMA.
 Não quero que o Brasil seja presidido pelo (vice) Michel Temer. "
Senador Aloysio Nunes Ferreira (PSDB).

Se fosse qualquer militante petista falando isto de algum político do PSDB, toda a imprensa estaria HISTÉRICA e exigindo internação ou cadeia do declarante. É evidente que uma pessoa normal jamais daria uma declaração desta, nem de brincadeira. Agora imaginem um senador da república, ex-militante de esquerda, anistiado, ex-vice-governador do Estado de São Paulo e tantas outras coisas. Ah, é também unha e carne com José Serra. Nem Serra, que é muito mais durão, nunca disse uma bobagem desta.

Eu já tinha escrito neste blog de que a imprensa brasileira quer ver sangue nas ruas. 
Agora vem um senador por São Paulo e diz que "quer ver a presidência sangrando..." Nem os torturadores militares, que torturam Dilma durante a ditadura militar tiveram coragem de declarar publicamente tamanha bestialidade.

O povo de São Paulo e o povo brasileiro exigem retratação pública deste senador.
Ou tem saúde mental para ser senador ou renuncia. Isto sim!

Pelo passado de militância de Aloysio Nunes, pela vida familiar, sei que ele não é assim grosseiro. Convivi com ele nos velhos tempos e mesmo em tempos mais recentes, já estive em festas com ele e ele não é um psicopata. Talvez a idade esteja pesando um pouco, mas Aloysio não é psicopata.

Mas, que ele, em nome do "fair play" político e social, deveria retratar-se publicamente, deveria.

Nenhum comentário:

Postar um comentário