sexta-feira, 6 de fevereiro de 2015

Todo apoio a João Vaccari Neto

PSDB decreta guerra total ao PT
Na guerra, o quê menos importa é a verdade.
O PSDB, como principal articulador da direita brasileira, resolveu intensificar a disputa contra Dilma e o PT.
O quê os juízes da Operação Lava Jato e a Polícia Federal fizeram com Vaccari ontem, além de ser uma aberração juridica, é mais uma demonstração do vale-tudo para não deixar Dilma governar e desgastar a imagem do PT.
Todos os jornais conservadores – Folha, Estadão e Globo – publicaram a mesma manchete como se fosse verdade absoluta, mesmo sabendo que a declaração foi feita por um corrupto confesso, funcionário concursado da Petrobras que se degenerou na profissão e passou a aceitar dinheiro fácil.
Vaccari sempre cumpriu a lei e trabalhou com sucesso por onde passou. Nossa imprensa está faltando com a verdade de forma consciente e irresponsável. A imprensa quer o golpe, seja ele realizado com o pretexto jurídico ou o pretexto militar. Se houver golpe haverá resistência…
O movimento sindical, liderado pela CUT, aprovou moção de apoio a João Vaccari Neto. Vejam abaixo:

Todo apoio ao companheiro Vaccari!

  A Executiva Nacional da CUT, representantes das CUT's estaduais e dos Ramos, reunida nesta quinta-feira (5) em São Paulo, na sede do Sindicato dos Bancários, declara publicamente seu apoio irrestrito ao companheiro João Vaccari Neto, atual diretor financeiro nacional do PT, ex-tesoureiro nacional da CUT e ex-presidente do Sindicato dos Bancários de São Paulo.
Os trabalhadores apoiam a luta contra a corrupção, mas repudiam que, em nome dela, lideranças da classe trabalhadora sejam perseguidas, julgadas politicamente e tenham seus direitos violados.
Repudiamos a intimação forçada de Vaccari para depoimento na Polícia Federal na Operação Lava Jato na Petrobras. Vaccari nunca deixou de esclarecer espontaneamente todas as informações solicitadas até agora.
Repudiamos também a forma manipulada como a imprensa vem noticiando o depoimento de Vaccari. 
João Vaccari Neto sempre foi um dirigente íntegro, comprometido com a classe trabalhadora e conquistou o respeito dos militantes sindicais e partidários.
O tempo vai, mais uma vez, provar a integridade, honestidade e compromisso de classe do companheiro Vaccari.
São Paulo, 05 de fevereiro de 2015

Vagner Freitas                            Sérgio Nobre
Presidente.                                  Secretário Geral


Um comentário: