segunda-feira, 16 de fevereiro de 2015

Carnaval com muita chuva

Por que não se muda a data?

Na Bahia existe o Carnaval na mesma data que a maioria do Brasil e existe o Carnaval fora de época, que é a Micareta. Estas datas diferentes possibilitavam os trios elétricos tocarem em várias cidades durante o ano e, ao mesmo tempo, possibilitavam as migrações dos foliões.

Como Carnaval na Bahia é muito calor e muita alegria, ao ver o Carnaval de São Paulo que é muita Chuva, Suor e Cerveja, como dizia Caetano, sempre fiquei com pena dos paulistas. Passar um ano preparando o desfile, roupas, alegorias e tudo e depois pegar tanta chuva, é de cortar o coração.

Neste domingo, enquanto nos preparava para jantar, a chuva caiu pesada, atrapalhando não apensas o trânsito como cantava Chico Buarque, mas atrapalhando literalmente o desfile das belas mulheres, dos homens com bonitas fantasias e os grandes carros alegóricos.

Neste ano, o que compensa a tristeza do Carnaval com tanta chuva, é que aumenta o nível de água na Cantareira e assim os paulistanos vão ter água para tomar banho, usar os banheiros e escovar os dentes. Mas não precisava chegar a tanto. Da mesma forma que se houver planejamento e trabalho não faltará água num Estado rico como São Paulo, se mudar a data do Carnaval, os paulistanos poderão ir para o Sambódromo sem tomar tanta chuva.

Poderia juntar o Carnaval com o Primeiro de Maio.
Duas datas que tem tudo a ver com a classe trabalhadora e os foliões.
Fica a sugestão.


Nenhum comentário:

Postar um comentário