domingo, 14 de dezembro de 2014

Vamos comprar a Petrobras?

Já que as ações estão à preço de banana...

A imprensa, em conluio com os grandes investidores, está fazendo de tudo para jogar a Petrobras na lona. O Congresso Nacional, seja o que está de saída ou seja com os eleitos e reeleitos, está fingindo de morto para que ver quem se salva, quando forem abertas as listas de políticos que receberam dinheiro das Empreiteiras e dos Doleiros. Neste sufoco, poucos ainda defendem a Petrobras.

Os funcionários da Petrobras ainda a defendem? 
Não sei, vejo os velhos funcionários e os aposentados a defenderam. Os novos funcionários, sendo que a grande maioria tem menos de dez anos de casa, estão mais torcendo para os velhos caírem e eles subirem, independente da verdade dos fatos.

O povo brasileiro ainda defende a Petrobras?
A grande maioria a defende, desde que se acabe com a roubalheira. Este raciocínio vale tanto para a Petrobras como para toda a economia brasileira. Acabamos com a ditadura militar, mas não acabamos com a roubalheira.

Como ajudar a salvar a Petrobras?
Além de manter a operação limpeza ou lava-jato, é preciso garantir a produção e a produtividade da empresa, é preciso manter as empresas terceirizadas funcionando para viabilizar os projetos em execução. Portanto, é preciso manter o abastecimento financeiro da empresa. Seja pela venda de seus produtos, ou seja por novos investimentos. Isto pode vir por parte do governo, como maior acionista, como pode vir dos investidores.

O povo brasileiro pode ser um grande investidor!
Apesar de a Bolsa de Valores não ser de muita confiança para pequenos investidores, podemos criar um grande movimento para formar Fundos de Pequenos Investidores em todo o Brasil e no Mundo. Fazer uma campanha mundial para comprar ações da Petrobras na baixa, como está agora, como forma de capitalizar a empresa e ganhar dinheiro no futuro.

Já tivemos experiências como esta quando Collor e FHC começaram a privatizar e abrir toda a economia brasileira. Nossas empresas estatais foram vendidas a preço de banana, como a Vale do Rio Doce e o Banespa, e as multinacionais entraram pesado no mercado brasileiro, além de FHC fazer um câmbio depreciado artificialmente - um real igual a um dólar - levando a indústria brasileira a perder competitividade com os produtos chineses. Tudo isto em nome de se segurar a inflação. Agora todos choram o fato de nossa indústria está quebrada e fora da competitividade internacional. Compramos ações da Vale, da CSN, do Banespa entre outras empresas.

Já que as ações da Petrobras estão à preço de banana,
vamos comprar ações da Petrobras?


Nenhum comentário:

Postar um comentário